Destaque Glamour Turismo

A admirável magia do Sé Boutique Hotel

É muito mais que um simples alojamento. Numa atmosfera em que impera o design e a estética, a arte sobressai por todo o edifício. O Sé Boutique hotel vem romper com o paradigma dos grandes resorts da ilha da Madeira com um serviço em que a simpatia da equipa é a figura principal.

A localização do Sé Boutique Hotel ajuda a perceber o nome escolhido para o projeto e dá-lhe sentido. A poucos passos está precisamente a Sé do Funchal, e com ela, todo o redopio normal dos grandes centros. O edifício histórico em que se insere foi todo recuperado para em 2017 abrir portas. O conceito Boutique foi uma aposta que a administração “acredita ser a nova tendência do turismo”, quem o diz é André Gonçalves, diretor de venda. Localizado bem no coração do Funchal, o Sé Boutique é um excelente ponto para iniciar a descoberta pela ilha e voltar. Tudo está ali à mão.

O Sé Boutique é um hotel que vive pela arte que o recheia, dos quadros ao mobiliário, tudo parte do acervo do diretor, que decidiu praticar o desapego e pôr ao usufruto público algo tão pessoal como a sua coleção. Da entrada até ao quarto há sempre novas coisas para se reparar mesmo que se faça o percurso várias vezes. Todo o espaço é charmoso, mas de uma forma bastante simplista e sem grandes extravagâncias. Já os quartos são amplos, com excelentes comodidades.

A sala de pequeno almoço é um local peculiar, uma autêntica galeria de arte decorada num estilo mais campestre. Nesta sala pode-se também almoçar ou jantar, mas o grupo em que o hotel está inserido “tem ainda mais 3 restaurantes no funchal. Os clientes pensão podem escolher um dos nossos três restaurantes podendo assim variar e experimentar coisas diferentes, além disso são todos aqui próximos”, sublinha André Gonçalves.

Um dos locais de maior destaque é o terraço, com um bar de apoio, perfeito para descansar após a “meia maratona” que se realiza todos os dias pela ilha, ou para tomar um cocktail. Este é definitivamente o lugar de onde não queremos mais sair. Nem seria preciso mergulharmos nas imensas paisagens madeirenses para querermos que o tempo parasse ali mesmo.

Tudo está bem planeado, do espaço ao conceito, porém a grande diferenciação está na qualidade humana e profissional de todos os seus colaboradores, incansáveis desde o primeiro segundo, uma equipa jovem, simpática e com uma perceção de serviço que eleva toda a experiência para um nível difícil de igualar. “A nossa ideia é fazer com que as pessoas se sintam em casa desde que cá entram. O nosso conceito de luxo não passa por ter torneiras douradas, mas pelas experiências e emoções que pretendemos oferecer”, conclui André Gonçalves.