Empreendedorismo Turismo

O concelho do Alandroal é uma história que nunca acaba

Praia fluvial no Alandroal
Alandroal

Situado junto à fronteira com Espanha, assinalada pelo rio Guadiana, marca a transição para a Zona dos Mármores, a norte, e para Alqueva, a sul.

Os três castelos são a marca mais visível da agregação de três antigos concelhos que fazem hoje um conjunto singular de identidade, natureza, ambiente e qualidade de vida. O Castelo de Alandroal, constituído por uma porta flanqueada por torres e um arco em ferradura, o Castelo de Terena, formado por recinto amuralhado, torre de menagem e duas portas e a Fortaleza de Juromenha, cujas obras foram construídas durante a Guerra da Restauração, destacando também, a sua proximidade com o rio Guadiana.

Concelho protegido por deuses antigos desde os primórdios da história, tem no culto a Endovélico, no período romano, a principal expressão de um misticismo que se sente a cada passo ao visitar o território, o Santuário Endovélico São Miguel da Mota. No património arqueológico, destaque ainda para a Rocha da Mina, santuário rupestre implantado num esporão rochoso com escadas e pavimentos talhados na rocha.

As atuais festas e romarias trazem memórias desses mitos antigos e ganham destaque a romaria de Nossa Senhora da Boa Nova, em Terena, a celebração desta festividade realiza-se nas imediações do Santuário da Nossa Senhora da Boa Nova, um templo fortaleza, com um significado patriótico e religioso. Também a Festa da Santa Cruz, na Aldeia da Venda, nos transporta para tempos antigos onde é recriada uma manifestação cultural que é entendida como a representação da salvação de uma pecadora que segue Jesus no caminho para o Calvário.

Do rio Guadiana, hoje transformado em Alqueva, marca profundamente as paisagens do concelho, no seu percurso de mais de 60 quilómetros, emanam as tradições da pesca e gastronomia ligada ao peixe do rio, que ganham novas matizes e expressões a cada edição da Mostra Gastronómica do Peixe do Rio, este ano na 10ª edição.

Aproveitando as mais valias do Lago Alqueva o município prevê a concretização de três áreas recreativas e de lazer que estão em diferentes fases de desenvolvimento e que, no conjunto, trarão ao concelho de Alandroal uma maior atratividade no que diz respeito ao turismo balnear. Com arranque das obras nos próximos meses, a Praia Fluvial das Azenhas D’El Rei, localizada em Montejuntos, terá ao dispor dos visitantes infraestruturas de apoio ao recreio náutico, zona de restauração e área de serviço para caravanas. Em Juromenha está a ser desenvolvido o projeto do Centro Náutico com a infraestrutura de apoio ao recreio náutico e zona de restauração com uma magnífica vista para a Fortaleza de Juromenha. Nas Águas Frias, no Rosário, será desenvolvido um projeto com todas as valências do turismo balnear de interior, na mesma linha dos dois já referidos e com a possibilidade de praia fluvial.

O Alandroal é um território de oportunidades para investir, construir projetos de vida ou, simplesmente, visitar, na certeza de que a primeira visita será apenas a primeira de muitas.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário