Atualidade Notícias Opinião Opinião Saúde e Bem-estar

Ano do Enfermeiro “Os enfermeiros são a base de qualquer SNS”

José Azevedo, presidente do Sindicato dos Enfermeiros

A OMS elegeu 2020 como ano do Enfermeiro, homenageando o 2º centenário de FlorenceNightingale, a Enfermeira inglesa, que se notabilizou, na modernização duma atividade, que se foi profissionalizando, até chegarmos à Enfermagem, enquanto Profissão.

Os Enfermeiros são o esqueleto, a estrutura, a base de qualquer SNS, em qualquer país do mundo organizado e responsável pelos gastos do erário público. Isto não acontece, em Portugal, país medicocentrico, manipulador da ingenuidade popular, como garantia de dar o melhor ao Povo, que fica com a ideia de Médico é que é bom e o resto é para encher.

Apesar da consagração do Ano do Enfermeiro, não se conhece, até ao momento, nenhum evento comemorativo, por iniciativa do Governo, pelo contrário, a palavra Enfermeiro, não faz parte do léxico habitual, pois, até para falarem de assuntos, exclusivamente, da esfera Enfermeira usam o termo Médico.

A pandemia permitiu a muita gente reconhecer e individualizar os serviços prestimosos do Enfermeiro, sobretudo, depois de o Pimeiro-Ministro inglês elogiar o Enf.º Luís. Desde 2005, ano em que Sócrates conquistou a maioria absoluta, que os Enfermeiros estagnaram, na sua carreira, o que gerou o fenómeno de o salário de um Enfermeiro de há 20 anos de serviço ser igual ao atual.

Ainda antes de sair do Governo, Sócrates aprovou a destruição da carreira de Enfermeiro, em 2009, e em 2010 aprovou e publicou, no dia dos magustos, uma tabela salarial miserável para os Enfermeiros, qual castanha podre, pois convém não perder de vista a inalterabilidade do salário dos Enfermeiros em mais de 20 anos de serviço.

Há anos, desde 16/08/2017, que andamos a ser enganados pela Ministra da Saúde, na consecução de um ACT, que por exemplo o dos Médicos é paradigmático, pois que, 70 dias depois de publicada a sua carreira, em 2009, celebraram o primeiro ACT. Os Enfermeiros, nem em 2020 o conseguiram, ainda. (Todos os animais são = mas alguns são mais =, 7º mandamento do “Triunfo dos Porcos” de George Orwell ), onde podemos inserir o Socialismo Lusitano.

Quando a Ministra diz: “Outros que passaram o tempo a rebaixar salários ao pessoal da saúde, estando agora a exigir aumentos de mérito” está a mentir descaradamente, imitando o seu Chefe D’Costa, tentando empurrar para outros as responsabilidades do PS, na destruição e desvalorização do trabalho enfermeiro, que, como administradora (gestora), devia conhecer melhor, ou fingir menos de que o desconhece.