Atualidade Covid-19 Notícias

Festival Iminente online e de cariz social

https://www.facebook.com/festivaliminente/?eid=ARDgat1e9gVlA2ChnR9gqemmdduHrVrz9O9hyM0f1tU3EI8UbfRWXQEOC1xPaf2lRS-w3gYUy2XHcFdS

Festival Iminente, fundado por Vhils, terá no sábado de 4 de abril uma edição online, com o valor dos bilhetes a reverter para dois hospitais, no tratamento da COVID-19.

Criado em 2016, o Festival Iminente junta a música com as artes plásticas e a 4 de abril, um sábado, irá ter uma edição especial, chamada de Emergency Edition, com o objetivo de angariar fundos de ajuda para o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa e o Centro Hospitalar Universitário do São João, no Porto, no combate ao novo coronavírus. Ana Moura, Dino D’Santiago, Mayra Andrade, Shaka Lion e Julinho KSD são apenas alguns nomes que estão confirmados no evento. O Festival Iminente é uma criação do artista Vhils, pintor e graffiter português.

A organização do festival, anunciou pelo Facebook que “quando há quatro anos lançámos o mote ‘o melhor é ficares em casa’ nunca imaginámos que esta pequena ironia, uma espécie de psicologia reversa, viesse ganhar um sentido real. Agora estamos mesmo todos em casa, e o melhor é realmente seguir à risca a instrução”. Neste movimento de ação social, o Iminente vai funcionar via streaming pelo Instagram, e irá contar com conversa, música, performance, dança e live painting.

A transmissão acontecerá entre as 16 horas e as 23h20 e os bilhetes não tem preço fixo, cada um contribuí com o que poder e o valor é revertido para os hospitais a 100%.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário