Atualidade Covid-19 Notícias

Ferrera Erbognone: a pequena vila italiana onde ninguém é infetado

Fica apenas a 50 quilómetros de Milão, mas nenhum dos seus mil habitantes e está infetado pela Covid-19. O estranho caso já desencadeou um estudo para analisar o sangue dos residentes.

Ferrera Erbognone é uma pequena vila da região da Lombardia, a 50 quilómetros de Milão. Tem apenas mil habitantes, com uma média de idades de 60 anos, segundo avança a Euronews e fica agora para a história por, até agora, nenhum dos seus habitantes ter contraído o novo coronavírus, apesar da proximidade com um dos centros da pandemia.

Dada a estranheza do acontecimento, já está a ser preparado um estudo aos seus habitantes, para tentar compreender se têm alguns anticorpos específicos. “Achamos que um estudo aprofundado pode ser útil e pode vir a validar um método”, explicou Giovanni Fassina, o presidente da Câmara de Ferrera Erbognone, ao Jornal Il Giorno.  

“Pedimos aos cidadãos que estão interessados [em participar] que o dissessem e só numa manhã tivemos logo 150 inscritos, alguns eram famílias inteiras. Isso significa que as mil amostras de que o estudo necessita para ser válido em termos estatísticos e científicos é alcançável”, acrescentou.

A autarquia e o Hospital científico de Mondino (Pavia) já desenharam um plano para que sejam recolhidas amostras de sangue e feito posteriormente o estudo. Depois do processo ser validada, os residentes poderão fazer a recolha de sangue num laboratório numa cidade vizinha, Sannazzaro de ‘Burgundi.

Algumas razões genéticas vão ser investigadas no estudo, para tentar responder à ausência de casos de infeção. No entanto, o presidente da Câmara recorda: “a nossa população tem sido extremamente fiel ao respeito pelas ordens de proteção da saúde pública”, o que, acredita, pode estar a contribuir para a situação.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário