Gastronomia Turismo

Dar vida a Santo Tirso

Em apenas 12 anos o Café do Rio tornou-se num dos principais pontos de encontro da cidade. Pedro Costa, responsável do estabelecimento e conhecido em Santo Tirso pela sua veia empreendedora, é hoje um dos grandes protagonistas no que respeita à dinamização do concelho, promovendo todos os anos inúmeros eventos que agitam o município.

Natural da Serra da Estrela, Pedro Costa chegou a Santo Tirso no ano 2000 para assumir as rédeas do Solar São Bento e hoje é proprietário de vários espaços de referência na cidade. Numa entrevista à IN Corporate Magazine, o empresário explica que o espírito empreendedor vem de família e que o Café do Rio surgiu como uma oportunidade de negócio, após a inauguração do parque da cidade, em 2005. “Quando o parque foi inaugurado fiz questão de me informar se a Câmara Municipal de Santo Tirso iria abrir um concurso para um estabelecimento junto ao rio. Abrimos a casa em 2007 e hoje somos um espaço singular na cidade”.

“Uma casa para pessoas dos zero aos 120 anos”
Tendo em conta que o parque da cidade é um local que atrai pessoas de todas as faixas etárias e de todas as camadas sociais, quando o Café do Rio abriu portas, um dos objetivos foi encontrar um conceito que fosse apelativo a todo o tipo de pessoas. “Tentamos ser abrangentes derivado do espaço onde estamos. Costumo dizer que somos uma casa para pessoas dos zero aos 120 anos. Servimos desde pequenos almoços, saladas, snacks e temos o bar para bebidas e cocktails. Por sermos tão abrangentes, recebemos pessoas desde amigos, casais, avós e netos, dinâmicas de Team Buiding, despedidas de solteiro, batizados, etc”, vinca Pedro Costa.

No que respeita à gastronomia, além dos snacks, das saladas frescas e dos pequenos almoços requintados, a gelataria é um ponto que salta à vista no Café do Rio. Os crepes e os waffles fazem as delicias dos mais gulosos, bem como os gelados, que são maioritariamente artesanais, nomeadamente sabores mais elaborados, como o popular gelado de Oreo. A qualidade da gelataria do Café do Rio não é uma novidade no seio tirsense, uma vez que Pedro Costa abriu no centro da cidade, há cerca de três de anos, a gelataria All´amore, aproveitando novamente uma boa oportunidade de negócio, devido ao reduzido número de casas desta especialidade.

O bar, com diversão noturna veio cobrir uma outra lacuna na localidade, sendo o Café do Rio um dos primeiros bares com conceito de noite e esplanada. Os mojitos e as caipirinhas são duas da bebidas mais apreciadas pelos consumidores, e embora o gin esteja a sair de moda, o Café do Rio trabalha com 60 marcas diferentes desta bebida. As cervejas, como todos os estabelecimentos portugueses são, a par das águas, a bebida com mais saída no bar, que trabalha com cerca de 45 marcas distintas.

Eventos e animação
Para marcar impacto, não basta ter um espaço, é também necessário procurar oportunidades, ter ideias e passá-las do papel para a realidade, uma mentalidade que se enquadra no registo de Pedro Costa. “Todos os anos organizamos eventos desportivos em que aproveitamos o parque da cidade. Temos as provas de duatlo, o CicloCross e o fim de semana radical. Fora do parque temos em parceria com as escolas do 1º ciclo de Santo Tirso, um projeto denominado ´O ciclismo vai à escola´, onde ensinamos nas escolas, crianças dos seis aos 10 anos, a andar de bicicleta. Temos ainda dois projetos piloto para as secundárias, de forma a promover a utilização da bicicleta, como meio de transporte dos alunos para as escolas”. Fora do desporto e dentro da cultura, o Todos ao Parque não pode ser descartado, um festival de comédia que faz rir Santo Tirso e que conta todos os anos com a presença de alguns dos nomes mais forte do humor nacional.

Este verão e pela primeira vez, o Slide Kaboom, o maior parque aquático de insufláveis da Europa, esteve em Santo Tirso, também sob a responsabilidade de Pedro Costa. “Foi uma parceria entre a Ibercup, proprietária do parque e a Câmara Municipal de Santo Tirso, sendo que coube-nos tratar da logística e do funcionamento do parque. A Ibercup é uma empresa de renome mundial, e o Slice Kaboom é um dos maiores atrativos de verão da Europa, que chegou este ano pela primeira vez a Portugal, primeiro ao Jamor e depois ao nosso concelho”.

Olhando para o futuro
Como um bom empreendedor está sempre atento, existem dois novos projetos que prometem deixar os tirsenses bastante satisfeitos, além de promover o turismo local. O responsável do Café do Rio adquiriu recentemente o antigo restaurante Olímpico, que está em obra, pronto para ser revitalizado como “uma casa de marisco e snacks, como há muito tempo não há em Santo Tirso, com cozinha tradicional incluída, aberto todos os dias, das 9h às 00H à semana, e até às 2h sexta e sábado”, frisa.

Paralelamente, foi aprovado pela Câmara Municipal de Santo Tirso, um novo projeto de Pedro Costa para o parque da cidade. Uma unidade hoteleira com 40 quartos, 10 bungalows e piscinas abertas, prometendo fomentar o apelo turístico na região e aproveitar ainda melhor este espaço à beira rio.

Sobre este autor

Direcção IN Corporate Magazine

Adicionar Comentário

Escrever comentário