Ecofriendly Empreendedorismo

Ferrovial Serviços: Encontrar soluções mais sustentáveis e que criam valor

Tiago Borges, CEO Ferrovial Serviços

A ‘Ferrovial Serviços’ é uma empresa portuguesa detida a 100 por cento pelo grupo Ferrovial. Foi adquirida por este grupo há cerca de 15 anos, mas em Portugal já atua há mais de 30 anos. A empresa, pioneira na área de gestão e tratamento de resíduos, fornece serviços integrados para gestão de infraestruturas, cidades e ambiente. Tendo as soluções sustentáveis no seu ADN, a empresa diferencia-se através do know-how e experiência. Em entrevista à IN Tiago Borges, CEO da ‘Ferrovial Serviços’, falou da importância da sustentabilidade para empresas e municípios, uma forma de rentabilizarem os seus gastos energéticos.

Concretamente que tipo de soluções e serviços oferece a ‘Ferrovial Serviços’?

A nossa oferta é bastante diferenciadora, executando praticamente todos os serviços relacionados com a gestão de infraestruturas, cidades e ambiente, nomeadamente:

– Ambiente: limpeza urbana; recolha, gestão e tratamento de resíduos sólidos urbanos (RSU) e industriais; serviços de manutenção de espaços verdes; conceção construção e exploração de unidades de tratamento de resíduos e aterros sanitários.

– Gestão integral de infraestruturas: Manutenção e conservação de infraestruturas; limpeza de interiores; limpezas hospitalares; serviços energéticos; manutenção industrial; logística, entre outros.

A quem se destina os serviços industriais? Em que consistem?

Os serviços industriais destinam-se a dar soluções integradas à indústria, aos seus resíduos e às suas infraestruturas. Apresentamos soluções aos nossos clientes para gerir, por exemplo, os seus resíduos, transformando-os em matéria prima. Ou seja, introduzindo o conceito de economia circular, transformamo-los numa receita em vez de serem uma despesa. Em paralelo à gestão dos seus resíduos, podemos também fazer a conservação, limpeza e manutenção dos seus equipamentos industriais e das suas instalações, bem como apresentar soluções de eficiência energética para a sua atividade. Tudo isto gerido de uma forma integrada que permite uma economia de escala aos nossos clientes e uma relação de parceria, sempre em busca das melhores práticas e criando valor acrescentado.

Uma empresa pode tornar-se mais sustentável e ainda assim ganhar com isso? De que forma?

Alguns dos exemplos mencionados anteriormente são isso mesmo, ou seja, olhar para as infraestruturas dos nossos clientes e, com os nossos serviços, encontrar soluções mais sustentáveis e que criem valor. Por exemplo, sendo a ‘Ferrovial Serviços’ uma ESE (Empresa de Serviços Energéticos), com o nosso Know-how, fazemos um levantamento energético a uma determinada infraestrutura e propomos soluções técnicas que diminuam o seu consumo, apresentando alternativas renováveis que permitam não só ser ambientalmente mais sustentável, como obter vantagens financeiramente.

Um outro bom exemplo é, também, o conceito ESCO para a iluminação pública nas cidades, em que assumimos o investimento e substituímos as luminárias das cidades por tecnologia LED inteligente. Para além de garantirmos poupanças significativas aos municípios, dotamo-los de uma rede de comunicação que permite dar “inteligência” à gestão dos vários serviços de uma cidade, tornando-a numa smart city.

Tiago Borges, CEO da Ferrovial Serviços

Um resíduo pode ter valor e pode ser transformado em algo novo possível de reintegrar a cadeia produtiva. De que forma e que soluções implementam para o reaproveitamento de resíduos?

Na Ferrovial Serviços, além de realizarmos a recolha seletiva de resíduos, temos unidades de triagem que permitem apurar esta seleção, separando os resíduos que estejam misturados. Após esta triagem, os resíduos são encaminhados para unidades de reciclagem ou para fábricas de reciclagem, onde são tratados e novamente introduzidos no mercado como matéria prima. No nosso caso em concreto, em Portugal, a ‘Ferrovial Serviços’ tem uma fábrica para reciclagem de alguns tipos de plásticos, unidades de compostagem de resíduos orgânicos ou de compostagem de lamas de ETAR, onde transformamos estes resíduos orgânicos em composto e os reintroduzimos no mercado fechando, assim, o seu ciclo.

Os biorresíduos são os que representam o maior desafio na transformação em nova matéria?

Os biorresíduos apresentam características excelentes para serem reciclados e transformados em composto, sobretudo num país como Portugal onde os nossos solos são muito deficitários destes nutrientes. A tecnologia para esta transformação existe há muitos anos, no entanto apresentam-se algumas dificuldades, nomeadamente geográficas, para a sua recolha seletiva devido ao elevado custo em regiões de baixa densidade populacional.

Central de Resíduos do Planalto Beirão

Presente em 15 países, o que representa a internacionalização da Ferrovial? Sempre foi um dos objetivos de crescimento?

No caso de Portugal, como já mencionei, o grupo ‘Ferrovial’ já está presente há muitos anos, e desde sempre o crescimento é um objetivo estratégico. Prova disso é que nos últimos 10 anos duplicamos o nosso volume de negócio e o nosso número de Colaboradores. Hoje, na ‘Ferrovial Serviços’, somos já mais de 2.000 Colaboradores e contamos com uma faturação de cerca de 50 Milhões de euros. Ainda assim, para o grupo ‘Ferrovial’ e para a ‘Ferrovial Serviços’ a ambição não é sermos os maiores, mas sim os melhores. A qualidade do serviço, a atenção e satisfação do cliente são os nossos pilares.

Sendo a inovação um dos grandes pilares da Ferrovial, a que sistemas inovadores recorrem para a prestação de serviços? Usam alguma tecnologia distinta?

A inovação tem sido uma das grandes áreas de aposta, investimento e de dedicação de recursos da ‘Ferrovial’. É a Inovação que nos permite distinguir da concorrência e apresentar aos nossos clientes soluções mais sustentáveis, rentáveis e ambientalmente corretas. Desde a inteligência artificial e robots para a separação dos resíduos, luminárias inteligentes, sistemas de informação aplicados à mobilidade ou, até, impressão 3D, temos hoje uma grande variedade de serviços que prestamos e que surgiram através da inovação.

Segundo a Dow Jones Sustainability Index World (DJI), a Ferrovial é a empresa mais sustentável do mundo no seu setor de atividade? O que representa esta distinção? Como conseguiram chegar a esse patamar?

Pelo décimo oitavo ano consecutivo, a Ferrovial faz parte do Dow Jones Sustainability Index (DJSI). Em 2019 fomos classificados como a empresa líder global no setor da construção e engenharia, com um especial reconhecimento ao nosso desempenho ambiental.

Criado há 20 anos, a família de índices de sustentabilidade do Dow Jones tornou-se a referência mundial em certificação da responsabilidade corporativa. Fazem parte da família S&P Dow Jones Indices juntamente com outras classificações de referência como o S&P 500 e o Dow Jones Industrial Average. Foi, também, o primeiro índice a classificar empresas de todo o mundo pela sua sustentabilidade.

Embora o número varie em cada edição, cerca de 2.500 empresas fazem parte do universo elegível para este índice mundial, sendo que destas apenas 10 por cento é que acabam por fazer parte do DJSI e uma percentagem ainda menor acaba por liderar cada setor. Desde 2002 que fazemos parte desses 10 por cento da DJSI.

Em 2019 lideramos o setor de construção e engenharia com a maior pontuação, à frente de três outras empresas globais. Liderar o DJSI atesta a nossa solidez no desempenho ambiental, social e económico. O DJSI destaca em particular o nosso desempenho na dimensão ambiental, onde obtivemos a maior pontuação do setor e a pontuação máxima nos parâmetros de materialidade, ecoeficiência e estratégia climática.

Como é que a pandemia afetou os trabalhos e os projetos da Ferrovial?

Esta pandemia obrigou-nos a reinventarmo-nos, a encontrar formas de continuarmos a prestar os nossos serviços colocando o mínimo possível em risco os nossos Colaboradores. Temos serviços como a recolha de resíduos, a limpeza urbana ou a limpeza hospitalar, que são essenciais para a nossa sociedade e que não puderam, nem podem, parar. À semelhança dos profissionais de saúde e outras profissões de risco, os nossos Colaboradores são autênticos heróis que se arriscam para o bem da sociedade.

Esta responsabilidade obrigou-nos, enquanto empresa, a proteger os nossos Colaboradores, não só seguindo todas as orientações emanadas pela Direção Geral de Saúde, mas também revendo e adaptando todos os nossos procedimentos internos. Adquirimos todos os EPIs necessários e essenciais para a execução de todos os serviços, foram revistos e reformulados os turnos e a forma como realizamos alguns dos nossos trabalhos. A aquisição de equipamentos específicos para os serviços de desinfeções de infraestruturas e a realização de serviços específicos relacionados com a COVID-19 contribuíram para o combate a esta pandemia.

www.ferrovialservicos.pt