Empreendedorismo Líderes de Sucesso

ComprarCasa Palmela: “No mundo empresarial há que ser muito resiliente e profissional”

Conceição Antunes é a mediadora a vender imóveis há mais tempo em Palmela. A gerente da ComprarCasa de Palmela é um exemplo de resiliência, profissional e determinada, cativa todos aqueles com quem se cruza no mundo dos negócios, com a palavra certa e uma vontade enorme em mudar a vida dos seus clientes. A empresária falou à IN sobre o seu percurso e a história do seu negócio – a ComprarCasa Palmela.

Com 15 anos de experiência no mercado, dos quais 12 são no mercado de Palmela, como surgiu a ComprarCasa Palmela? O que levou Conceição Antunes a envergar pelo setor imobiliário?

Foi uma altura da minha vida em que decidi mudar de área profissional. Surgiu a oportunidade de ser agente imobiliária e fui ganhando o gosto por esta área. Fui evoluindo na profissão e após dois anos de experiência noutras empresas e franchisings decidi abrir a minha empresa Vicking House – Mediação Imobiliária Lda. Estive cinco anos noutra rede e estou agora há seis anos na Rede ComprarCasa.

Quais as razões que a levaram a apostar no franchising ComprarCasa?

Decidi apostar na Rede ComprarCasa por ter um sistema de trabalho com o qual me identifico. A missão da ComprarCasa é: “orientar os seus clientes com honestidade, qualidade de serviço e transparência, sobrepondo os interesses destes aos da própria agência. A missão interna das agências ComprarCasa é a realização pessoal e profissional da sua equipa. Crescer juntos e caminhando até ao êxito”. Todo o trabalho desta rede é feito com os valores de “Compromisso, Transparência, Qualidade, Empatia”.

Qual tem sido a vossa estratégia na abordagem ao mercado?

Profissionalismo, muita formação e uma maior aposta em marketing (outdoors na rua, publicações em redes sociais, anúncios em vários portais imobiliários, entre outros).

Que tipo de vantagens oferecem ao vosso cliente?

Temos a oferta do certificado energético para imóveis que ainda não tenham, ou a oferta do valor da escritura para imóveis que já têm o referido certificado. Além desta oferta, o nosso cliente será sempre tratado com o maior profissionalismo e com muito enfoque na relação humana personalizada.

Como se encontra atualmente o mercado do imobiliário em Palmela? Setúbal e Pamela são cidades cada vez mais procuradas por turistas. Este facto reflete-se no mercado imobiliário? Existem cada vez mais investidores estrangeiros?

Sim, temos tido bastante procura. Felizmente não sentimos uma quebra drástica com esta situação da pandemia e continuamos a ser procurados por clientes nacionais e estrangeiros. Temos tido a dificuldade de ter mais procura que a oferta disponível no mercado neste momento. Temos bastantes investidores estrangeiros, mas continuamos a ter um maior número de clientes e investidores portugueses, aqui em Palmela.
Como é que conseguimos criar um equilíbrio entre o elevado poder de compra dos estrangeiros que querem viver em Portugal e os salários dos portugueses que também querem adquirir ou arrendar uma habitação?
Temos de ter consciência de que existe mercado imobiliário para todos os preços, seja para um cliente nacional ou cliente estrangeiro que procure habitação permanente ou secundária em Portugal. Qualquer cliente tem a oportunidade de comprar a sua casa, mas dentro das suas condições financeiras. Somos também intermediários de crédito e tentamos ao máximo criar as melhores condições e soluções financeiras para o nosso cliente.

A pandemia da Covid-19 veio trazer ao mercado uma ‘nova realidade’, na qual as relações humanas ficaram condicionadas. Num negócio que vive dessa relação, como se reinventaram? Que medidas implementaram?

As medidas implementadas foram essencialmente as medidas de proteção necessárias neste momento, seguindo as orientações da DGS e o protocolo elaborado pela Rede ComprarCasa. Além disto, através da Rede ComprarCasa temos também acesso a ferramentas tecnológicas como assinatura digital, reuniões através de plataformas digitais, visitas virtuais, entre outros. Mas, de salientar que o cerne do negócio está na visita física ao imóvel e na relação humana estabelecida entre mediador e cliente. Assim, temos apenas uma pequena percentagem de clientes que decidiram reservar e adquirir o imóvel através de visita virtual, por estarem no estrangeiro por exemplo, portanto esta percentagem não aumentou com a pandemia.

Recentemente acrescentaram as valências da Universo RH, qual a mais valia e que serviços são concebidos ao cidadão?

A adesão ao Universo RH surgiu no intuito de oferecer uma maior rede de serviços aos nossos clientes, facilitando o processo de mudança de casa. Visto que a maioria dos serviços públicos estão apenas a funcionar por marcação, torna-se difícil o contacto com os mesmos. Na ComprarCasa de Palmela o cliente terá a sua vida facilitada, visto que, sendo um agente autorizado Universo RH, o cliente poderá tratar de tudo connosco.

Enquanto empresária de que forma pode a Mulher acrescentar valor e inspirar o mundo empresarial a superar os mais diversos desafios?

A Mulher tem vindo a destacar-se no mundo empresarial. Quando decidi vir para Palmela ouvi várias opiniões negativas de empresários locais, que anunciavam dificuldades com a frase “em Palmela nada funciona”. Decidi continuar o meu caminho por intuição própria e por entender que era um mercado apetecível com muito potencial. Assim, avancei com o meu projeto e orgulho-me de ser a Mediadora a vender imóveis há mais tempo em Palmela. Se este sucesso se deve ao facto de ser uma mulher á frente da empresa ou não, não sei, mas uma coisa tenho como certa: a força de vontade e a determinação são características que me acompanham desde sempre. Como em tudo na vida, também no mundo empresarial há que ser muito persistente, resiliente e profissional e neste sentido penso que os resultados estão à vista de todos e falam por si.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário