Capa Destaque Líderes de Sucesso

Clínica Ana Cristina Silva: Um leque alargado de soluções para uma existência mais plena e feliz

Ana Cristina Silva - CEO Clínica e Escola Ana Cristina Silva

A Clínica Ana Cristina Silva tem-se vindo a afirmar como um dos mais relevantes espaços para o tratamento e acompanhamento de diversos problemas e patologias do foro da Saúde Mental.  É o segundo projeto na área da Psicologia Clínica fundado pela Dra. Ana Cristina Silva, Licenciada em Psicologia e Mestre em Clínica e Saúde pela Universidade Católica Portuguesa e com certificação em Hipnoterapia.

É neste espaço que, em conjunto com uma sua equipa profissional, tem vindo a realizar consultas individuais e acompanhamento a crianças, jovens e adultos e ainda terapias de casais e familiares. “Desde sempre que senti enorme curiosidade pelo comportamento das pessoas, pela mente e emoções, mas foi o desejo que sentia em querer ajudar os outros a alcançar uma vida mais plena e feliz que me fez seguir a área da Psicologia e que hoje é uma das minhas grandes paixões”, refere, explicando que “durante estes anos de prática clínica aprofundei técnicas, trabalhei com diferentes pessoas e em diversos contextos. Hoje, sinto que o meu trabalho na Clínica Ana Cristina Silva faz a diferença, ajudando as pessoas a encontrarem-se e a escreverem novas histórias à sua vida”.


Portugal ainda é um dos países com mais incidência de doenças mentais e emocionais

Portugal é um dos países da UE com maior prevalência de doenças relacionadas com o foro mental e emocional, sendo as mais comuns a ansiedade e a depressão. As mulheres, os jovens, as pessoas separadas e as viúvas são os grupos de maior risco, com as questões psicológicas a serem apontadas como responsáveis por quase metade do absentismo laboral, pela diminuição de desempenho académico e pelo aumento do sofrimento psicológico (tanto para as pessoas afetadas como para os seus familiares e amigos).
“Na Clínica que dirijo em Braga, somos especialistas e trabalhamos problemas do foro mental e emocional como a ansiedade, depressão e stress, medos, fobias e baixa autoestima”. Patologias associadas, em muitos casos, a situações disruptivas que podem acontecer na vida de qualquer um: como um divórcio, um conflito familiar ou laboral, dificuldades escolares, problemas com o companheiro (a), luto, “são situações que na Clínica ajudamos a clarificar, organizar e ultrapassar de forma a alcançar o que para o nosso paciente possa ser uma vida mais feliz”.



É muito importante combater estereótipos e a psicologia positiva pode ajudar

“Frequentemente, deparamo-nos com o estigma de que a psicologia é exclusiva para o tratamento de pessoas mentalmente perturbadas. Tal não corresponde de todo à verdade. A psicologia não tem contraindicações e é benéfica para todas as pessoas”.
Aliás, um dos mais nobres propósitos da moderna psicologia, também conhecida por psicologia positiva, é promover as capacidades de cada um de forma a que a pessoa possa sentir-se bem com ela própria e na relação com os outros, procurando que seja capaz de lidar de forma positiva com as adversidades e com confiança no futuro.
É por isso que a Clínica Ana Cristina Silva foca-se também em procurar, com os seus pacientes, novas perspetivas, ajudando-os a questionar, confrontar defeitos e realçar qualidades. A pessoa é sempre responsável por si própria e pelo caminho que deseja seguir. “Nós procuramos compreender o comportamento, as emoções que estão por detrás de determinada problemática e promover o aumento do autoconhecimento e um maior bem-estar, sendo que este não é um processo linear e com um timing que vai variar de pessoa para pessoa”.

Um amplo leque de soluções ao dispor dos clientes

Na Clínica Ana Cristina Silva é possível trabalhar e tratar diversas áreas de intervenção, respondendo, desta forma a diferentes desafios. Uma das áreas que tem vindo a intervir é no aperfeiçoamento das habilidades sociais do paciente procurando que este, além de uma melhor relação consigo próprio, consiga também avaliar e melhorar o seu papel social, enquanto pai, mãe, filho, cônjuge, etc.

O atendimento a casais é outra das áreas de intervenção, procurando que o casal tenha um espaço de escuta e intervenção qualificadas que possa estimular um diálogo mais eficiente.
Este tipo de terapia é, por isso, indicado a casais que precisem de aprofundar o conhecimento de si, do outro e da relação. A mediação de um psicólogo é especialmente importante quando os dois não se conseguem entender e estabelecer um diálogo saudável.
Na Terapia Familiar, em geral, as sessões são semanais, duram entre uma hora e meia a duas horas. As intervenções e técnicas utilizadas visam auxiliar na comunicação, mediar conflitos, reduzir a ansiedade, favorecer a empatia, esclarecer sobre os papéis exercidos por cada um e fortalecer as relações.
Em alguns momentos, o psicólogo pode sugerir a realização de atendimentos individuais com determinados membros da família. Isso é útil especialmente quando o profissional precisa de mais informações.
“Ajudar os outros a ultrapassar as suas dificuldades, a melhorar a qualidade de vida é, sem dúvida, a minha paixão e da equipa que me acompanha”.


Escola Ana Cristina Silva: Distingue-se pela abordagem inovadora e uma alargada oferta de formações

Uma Escola com ferramentas inovadoras que promovem mudanças profundas e positivas na vida de cada um. Conteúdos práticos e úteis, com impactos imediatos. É assim a Escola Ana Cristina Silva que apresenta uma diversificada oferta de formações, workshops, palestras e retiros em diferentes áreas: Desenvolvimento PsicoSistémico, Reiki, Numerologia, Mindfulness, Psicologia Positiva, Desenvolvimento Infantil, Finanças Pessoais, entre outras.

A Escola Ana Cristina Silva foi constituída em maio deste ano “por mim e pelos meus quatro filhos”, explica a Dra. Ana Cristina Silva, responsável da instituição. Apesar de recente, a Escola resulta de um processo que se foi afirmando ao longo dos últimos anos e da conjugação de diferentes fatores que tornaram inevitável a sua abertura. A experiência da equipa que acompanha e da própria Dra. Ana Cristina na área formativa, nos últimos três, com a realização de quase duas dezenas de cursos de Desenvolvimento Pessoal – a formandos em Portugal e no estrangeiro -, a crescente procura pela nova abordagem PsicoSistémica, a necessidade de uma maior profissionalização dos serviços e da Certificação os cursos, são alguns dos motivos apontados e que estiveram na origem da criação e lançamento deste novo projeto na cidade de Braga.

A par das formações em Desenvolvimento PsicoSistémico, já ministradas pela Dra. Ana Cristina, a Escola vai disponibilizar outras ações, nomeadamente palestras, workshops, retiros e formações em áreas como o Reiki (Nível I e II), Numerologia, Mindfulness, Lealdade Sistémica, Desenvolvimento Infantil, Finanças Pessoais e outras a anunciar brevemente. “Conteúdos práticos e úteis com impacto imediato nas vidas das pessoas”.

Uma equipa de excelência focada em valores positivos

A Escola Ana Cristina Silva é um projeto profissional com uma forte componente familiar alicerçada em valores de entreajuda, respeito, crescimento e amor. As formações e serviços prestados pretendem contribuir para o desenvolvimento individual, respeitando o passado familiar, a história, vontades e processos de cada um. Sendo que, no final, cada formando é livre para decidir o caminho que deseja percorrer.
A acompanhá-lo, formadores/facilitadores experientes e um grupo de formandos coeso e dinâmico. “Esta é, aliás, uma das grandes vantagens para quem pretende operar grandes transformação na sua vida. Ao contrário das terapias individuais, aqui a pessoa nunca está só. De início até pode ser mais difícil a exposição ao grupo, mas ultrapassada esta barreira inicial, tudo fica mais simples e mais claro, porque o formando acaba por ter oportunidade de encontrar pessoas com experiências e vivências semelhantes, pessoas com quem se idêntica, que o compreende e que não o deixa ficar para trás”.
A Dra. Ana Cristina Silva é uma das fundadoras da Escola, mas também a responsável pedagógica pelo projeto. Quem a conhece e com ela priva diariamente, descreve-a como um ser humano excecional, uma mulher forte, decidida e empreendedora que tem a família como pilar fundamental na vida: filha grata, esposa dedicada, mãe orgulhosa de quatro filhos e abençoada avó de dois meninos.
Licenciada em Psicologia e Mestre em Clínica e Saúde, recorda que a dada altura da sua vida sentiu que necessitava de algo mais para consolidar o seu trabalho e acrescentar ainda mais valor aos que procuravam os seus serviços. Foi quando redescobriu o Método das Constelações Familiares de Bert Hellinger, conhecimentos que, numa fase inicial, aplicou ao serviço do seu autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, para mais tarde os utilizar como fonte de ajuda a pessoas que, tendo passado por situações traumáticas, por dificuldades pessoais de vária ordem, por relações familiares disfuncionais e até por dificuldades de cariz financeiro, ansiavam por encontrar um novo caminho para a felicidade e bem-estar. Pessoas que desejavam quebrar com velhos padrões comportamentais, e, ao mesmo tempo, compreender a origem desses mesmos problemas que condicionavam o seu dia-a-dia.


Sob a influência de vários Mestres foi criada uma ferramenta diferente e com resultados

“As Constelações Familiares foram e continuam a ser uma importante ferramenta que utilizo para promover o autoconhecimento e aceitação individual, ao colocarem a descoberto o emaranhado do nosso passado familiar e dos nossos ancestrais e a forma como as suas histórias nos podem condicionar e àqueles que vêm depois de nós”, descreve a Dra. Ana Cristina Silva.
Contudo, após muito anos de trabalho e aprendizagem e inspirando-se no método de Bert Hellinger “criei uma nova abordagem a que chamei de PsicoSistémica e que resulta da conjugação da minha experiência como Psicóloga, Consteladora Familiar e Formadora, como discípula de Bert Hellinger e de outros pensadores como Jacob Moreno, Virginia Satir, Carl Jung, Sigmund Freud, entre outros. Mestres que foram estudados na Universidade e depois aprofundados já de forma autónoma”.

“As Constelações Familiares foram e continuam a ser uma importante ferramenta que utilizo para promover o autoconhecimento e aceitação individual, ao colocarem a descoberto o emaranhado do nosso passado familiar e dos nossos ancestrais”



E dá exemplos, “temas como a felicidade, gratidão, resiliência, compaixão autoestima, autoconhecimento, autoconfiança, elevação abordamos nas minhas formações em Desenvolvimento PsicoSistémico são tratados à luz da Psicologia Positiva. As Lealdades Sistémicas com o nosso passado resultam dos estudos realizados ao pensamento de Bert Hellinger. O Inconsciente Coletivo, também abordado nas formações, a criação das Personas resultam do estudo e interpretação de Carl Jung, só para citar alguns”.
As formações PsicoSistémicas são indicadas e têm grande impacto em todas as pessoas que partilham questões e desejos comuns de crescimento, de criação de uma vida mais plena, indivíduos que passaram por situações de trauma, por grandes dificuldades pessoais e familiares e que têm o forte desejo de compreender e eliminar esses velhos padrões. Em média, uma formação PsicoSistémica acontece num espaço temporal de 6 meses, ao longo dos quais são realizadas seis sessões teóricas (onde são explicados os fundamentos) e seis sessões práticas para Constelar, onde o formando tem a possibilidade de “Colocar um tema”, que não é mais do que procurar compreender como é que determinados acontecimentos do passado familiar do utente, conhecidos ou não pela pessoa, têm impacto e condicionam a sua vida, os seus relacionamentos e até o conhecimento que tenho sobre mim, no presente.

Dê uma oportunidade a si mesmo. Contacte-nos. Venha descobrir e aplicar os seus próprios recursos e as suas potencialidades.

Sobre este autor

João Malainho

Adicionar Comentário

Escrever comentário