Arquitetura, Design e Decoração Destaque Mulheres Inspiradoras Turismo

“Viajar é uma das minhas grandes paixões, assim como a moda e o design”

Elegância, luxo e requinte. São adjetivos que saltam à vista assim que entramos na RM Guest House, bem no centro de Setúbal. É um dos alojamentos mais premiados do país, onde se alia o conforto e o bom gosto às mais variadas experiências personalizadas para cada hóspede. Rita Martins, fundadora e anfitriã, explica-nos a inspiração por detrás deste projeto e as suas expectativas para o futuro.

O que levou a Rita Martins a interessar-se pelo área do alojamento turístico e a decidir abrir a RM Guest House?
Sempre adorei viajar e ficar hospedada em hotéis. Adoro todos os pormenores e detalhes em cada quarto de hotel. Assim, juntamente com o meu marido Romeu Martins, surgiu a ideia de criarmos o nosso próprio hotel, dando primazia a todos os detalhes que nos fascinam e juntando o que de melhor fazemos. O Romeu como arquiteto e eu como gestora e apaixonada pela moda e o design.

O que mais lhe agrada nesta atividade? Gosta de ser, ao mesmo tempo, uma anfitriã e uma “embaixadora” de Setúbal?
Gosto muito de receber os hóspedes em casa, porque a RM Guest House além de um alojamento turístico é uma casa de hóspedes. E é esse mesmo nosso objetivo, que todos se sintam no conforto de uma casa acolhedora e de requinte. A arte de bem receber aliada ao gosto pela dinamização da cidade de Setúbal é algo que está presente no meu dia-a-dia. Gosto de divulgar o que de melhor a cidade tem e se a RM Guest House pode fazer parte disso é, sem dúvida, um orgulho ser uma anfitriã de Setúbal.

Para além do edifício lindíssimo, todos os espaços interiores estão decorados com grande requinte e um design que remete para o mundo da moda e das viagens. De onde veio essa inspiração?
Como referi no início, viajar é uma das minhas grandes paixões, assim como a moda e o design. Sempre tive muito interesse nestas áreas e tentei implementar isso neste projeto. Gosto de saber que as pessoas se identificam um bocadinho com cada designer ou marca de referência quando ficam hospedados na RM.

Os serviços que disponibilizam aos vossos hóspedes são totalmente personalizáveis?
Procuramos ter um serviço personalizado e de excelência. Vamos ao encontro das necessidades dos nossos hóspedes e procuramos alcançar a máxima satisfação, superando todas as expectativas. Como todos os hóspedes são diferentes, também as nossas experiências são diferentes, adaptadas a cada um.

Já receberam algumas das mais prestigiadas distinções como o “Melhor Boutique Hotel em Portugal”, em várias ocasiões. Que relevância têm para si estes prémios?
É para mim, e toda a equipa RM, um orgulho receber todas estas distinções. Alcançar o prémio de Melhor Guest House do Mundo é o resultado de todo o trabalho e dedicação desta equipa, que trabalha todos os dias com vista à melhoria do serviço e com o objetivo de fazer diferente!

Quando abriram, em 2016, o turismo em Portugal estava em grande crescimento com constantes aumentos de estadias. Uma trajetória que só foi quebrada com a chegada da pandemia. Como conseguiram reagir a esse período e quais são as vossas expectativas para os próximos tempos?
Adaptação é a palavra-chave que responde a esta questão. A pandemia levou-nos a refletir sobre o nosso serviço e a procurar alternativas para nos adaptarmos à situação pela qual estávamos a passar. Procurámos soluções para continuar a trabalhar, não descurando nunca o nosso serviço. Correu tudo muito bem, com as limitações que estavam em vigor, mas podemos dizer que nunca encerrámos e continuámos sempre a receber hóspedes com todas as medidas de segurança necessárias. Nos próximos tempos, temos boas expectativas, viajar é uma coisa cada vez mais presente na vida de todos e a RM Guest House continuará a crescer, pois o céu é o limite! Teremos novas modalidades de alojamento adaptadas para longas estadias, assim como um carro elétrico para que os nossos hóspedes possam alugar e conhecer a região.

Sobre este autor

João Malainho

Adicionar Comentário

Escrever comentário