Atualidade Notícias

Os anos dourados da joalharia portuguesa

Criação de GoldGem - Patrícia Andrade

A uma forte tradição joalheira aliou-se o design e a capacidade gestão, criando um novo paradigma nos joalheiros portugueses, onde a criatividade e a diferenciação são exaltadas. Com a previsão este ano de 1.000 ME de faturação na joalharia nacional, está neste momento em preparação um filme promocional, que promete levar as tradições portugueses neste setor, aos quatro cantos do planeta.

Os últimos anos tem sido particularmente interessantes para a realidade da joalharia em Portugal. Emergiu uma nova geração de designers de joias em território nacional, com uma capacidade criativa que está a conquistar o resto do mundo. Em relação a estes novos autores, importa salientar a forte concentração dos artistas norte do país, fazendo desta região o centro de atenções da joalharia nos últimos três anos.
A capacidade para fazer a diferença é algo que não falta aos novos joalheiros portugueses, desde autores que aplicam os métodos mais comerciais, aos que misturam materiais, até aqueles que fazem desta atividade uma arte plástica. O aumento no número de licenciados em design ajudou a alavancar a joalharia portuguesa, uma vez que se trata de um campo de interesse para estes profissionais, embora esta seja um profissão acima de tudo autodidata.
Promoção internacional
Recentemente a joalharia portuguesa foi promovida internacionalmente através da nova campanha, “Portuguese Jewellery Legacy”, promovida pela Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP). A campanha consiste num filme produzido pela Snowberry, que realça as antigas técnicas tradicionais da joalharia portuguesa, classificando-as como intemporais. Naquilo que é uma valorização das nossas tradições, a AORP faz questão de olhar para o futuro e não esquecer os valores de sustentabilidade, do consumo responsável e das práticas comerciais justas, pontos fundamentais para garantir a este setor de atividade uma longevidade saudável.
Paralelamente à evidenciação das técnicas e dos desenhos tradicionais, a “Portuguese Jewellery Legacy” procurou selecionar algumas marcas contemporâneas, que exponham essas mesmas tradições, a um mercado global, comunicando aos novos consumidores, a identidade e a história da joalharia portuguesa.
Recorde-se que este setor está cada vez mais em alta, estando previsto pela própria AORP que no final do ano de 2019, exista um volume de negócios dentro do setor avaliado em 1.000 ME.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário