Empreendedorismo Turismo

Fortes razões para ir a Mafra

Território foi fundamental para defender a capital das tropas napoleónicas. Das 152 obras militares edificadas na periferia lisboeta no século XIX, 42 ficam em Mafra. Atualmente, são várias as rotas para poder descobrir este património histórico-militar.


Forte do Zambujal, Rota Histórica das Linhas de Torres

O que tem o Município de Mafra para oferecer no âmbito do turismo militar?

O Município de Mafra distingue-se pelo seu património histórico-militar, integrando a Rota Histórica das Linhas de Torres, que promove o sistema defensivo destinado à proteção de Lisboa face às Invasões Francesas e que constituiu um dos marcos da arquitetura e estratégia militares da Europa, tanto pela extensão e número de fortificações, como pela eficácia bélica, pois determinou o início da derrota das tropas de Napoleão Bonaparte. Este património constitui, hoje, um reconhecido fator de atratividade turística.

O que podemos visitar?

No Concelho de Mafra, foram estruturados quatro circuitos de visita, representativos dos 42 fortes existentes neste território: o Circuito da Enxara, o primeiro inaugurado em toda a Rota Histórica e que integra os Fortes da Enxara, o Centro de Interpretação e o telégrafo da Serra do Socorro; o Circuito da Carvoeira, estruturado na notável obra do Forte do Zambujal, com uma arquitetura única nas Linhas; o Circuito de Mafra, do qual se destaca o Forte do Juncal, integrado no Real Edifício de Mafra, recentemente distinguido como Património Mundial pela UNESCO, assim como o Centro de Interpretação, aberto ao público com uma exposição permanente; e o Circuito da Malveira, centrado no Forte da Feira, onde foi efetuado um extenso trabalho de escavação arqueológica e restauro.

Como está a ser divulgado este património?

Para além das iniciativas conjuntas com os Municípios de Arruda dos Vinhos, Loures, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira, territórios onde se integram estas linhas defensivas, o Município de Mafra tem vindo a organizar um programa regular de atividades pedagógicas, especialmente vocacionadas para o público escolar. Para os turistas, disponibiliza visita guiadas aos fortes e Centros de Interpretação.

Para 2020 que projetos podemos esperar do Município de Mafra para a promoção do turismo militar?

No conjunto das iniciativas a desenvolver no âmbito da inscrição do Real Edifício de Mafra na lista do Património Mundial, destaca-se a implementação de um projeto equestre militar de competências únicas, com sede na Escola das Armas, em Mafra, e em resultado da cooperação entre o Município, o Exército Português e a Federação Equestre Portuguesa, o qual abrirá a possibilidade de visitação a cavalo da Tapada Militar e a realização de eventos equestres de nível internacional.

Sobre este autor

Ana Leitão

Adicionar Comentário

Escrever comentário