Atualidade Economia

Novo Banco vende imóveis e créditos no valor de 800 milhões

As transações deverão estar concluídas até ao final do ano, revelou o banco esta segunda-feira. Os valores dos negócios não foram divulgados.

O Novo Banco concluiu a venda de duas carteiras de ativos. Em comunicado enviado esta segunda-feira, 5 de agosto, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). As duas transações distintas deverão estar concluídas até final do ano, sendo que o valor do encaixe não foi revelado pelo banco liderado por António Ramalho. As transações são uma de imóveis em Portugal, denominada de “Projeto Sertorius” e outra de imóveis e crédito malparado em Espanha designada de “Projeto Albatroz”.
O acordo com a Cerberus Capital Management para a venda de uma carteira de ativos imobiliários, composta por 195 imóveis, tem o valor contabilístico de 487,8 milhões de euros. “Após a concretização da venda, a gestão da carteira será realizada por um servicer de referência em Portugal na gestão deste tipo de ativos, que irá incorporar nos seus quadros até 13 colaboradores do Novo Banco”, refere a entidade em comunicado enviado à CMVM.
Segundo o banco – que registou prejuízos de 400 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, quase o dobro face ao registado no mesmo período do ano anterior – os 195 imóveis agregados que compõem a carteira traduzem-se em “1.228 unidades individuais, com usos industrial, comercial, terrenos e residencial, incluindo estacionamentos”.
Além disso, anunciou também que a sua sucursal de Espanha – a Novo Banco Servicios Corporativos – assinou um acordo para venda de uma carteira de ativos imobiliários e crédito malparado, no valor de 308 milhões. O banco não adiantou por quanto vai vender estas carteiras.

O Novo Banco quer continuar a acelerar a limpeza das carteiras de crédito malparado, com o objetivo de chegar a um rácio de 10% entre este ano e o próximo, ou seja, reduzir o crédito em incumprimento para metade.

Sobre este autor

INcorporate

Adicionar Comentário

Escrever comentário