Atualidade Notícias

Sophia de Mello Breyner faria 100 anos e o país comemora

Foto: filme 'Sophia' de João César Monteiro

Centésimo aniversário da escritora celebrado através de várias iniciativas, como concertos, declamação de textos da autora, exposições e espetáculos teatrais por todo o país.

Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999, e foi uma das mais importantes poetas (odiava o termo poetisa) portuguesas do século XX.

Esta quarta-feira, 6 de novembro, a autora de obras de ‘O Cavaleiro da Dinamarca’, ‘A Fada Oriana’ e ‘A Menina do Mar’ faria 100 anos, se fosse viva. Por isso, várias instituições culturais decidiram celebrar o centenário de aniversário com inúmeras atividades, que prosseguem até 20 de dezembro

Em Lisboa, o Teatro Nacional de São Carlos é palco de uma récita, em versão de concerto, da ópera “Orfeo ed Euridice”, de Christoph W. Gluck, que contará com a presença da ministra da Cultura, Graça Fonseca, e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A Associação Católica do Porto promove o encontro ‘À conversa com…’ o professor universitário Manuel Correia Fernandes sobre ‘O Cavaleiro da Dinamarca’. Está também prevista a apresentação do espetáculo ‘A Menina do Mar’, organizado pelo Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, com textos de Sophia de Mello Breyner, música de Edward Ayres d’Abreu e encenação de Ricardo Neves-Neves.

Um outro espetáculo terá lugar em Coimbra, no Teatro Académico de Gil Vicente. Intitulado ‘DeclAMAR Poesia’, trata-se de uma iniciativa dinamizada por um coletivo de cinco leitores de poesia (Catarina Matos, Lurdes Telmo, Olga Coval, Rui Amado e Vanda Ecm).

Em Grândola, o Cineteatro Gondolense exibe o documentário de Pedro Clérigo ‘O Nome das Coisas — Sophia de Mello Breyner Andresen’ e a curta-metragem de João César Monteiro, ‘Sophia de Mello Breyner Andresen’.

O evento ‘Aniversário de Sophia’ assinala, na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, em Leiria, a data de nascimento da poeta, com a partilha de textos e poemas de sua autoria. No mesmo local, haverá ainda espaço para a apresentação do conto musical ‘O Rapaz de Bronze — Histórias da Vida em Dó maior’, dirigida ao público escolar.

Mais a sul, Loulé assinala o aniversário da escritora com um recital de poesia, por Pedro Lamares, na biblioteca municipal.

A Alagamares – Associação Cultural, em parceria com o Chão de Oliva, em Sintra, realiza uma sessão literária, com a participação do ensaísta, escritor e crítico literário Miguel Real e da escritora e jornalista, biógrafa de Sophia, Isabel Nery. Durante esta sessão serão ainda lidos textos e poemas da autora de ‘A Menina do Mar’, pela atriz Regina Gaspar, numa colaboração com a Musgo-Produção Cultural.

Viana do Castelo abre portas às celebrações do centenário com a iniciativa ‘Poesia a Copo’, onde a comunidade é convidada a escutar ou ler um poema, na biblioteca municipal.

Em Ponta Delgada, na ilha açoriana de São Miguel, a Direção Regional da Cultura, através Biblioteca Pública e Arquivo Regional, inaugura uma exposição documental dedicada à poeta, na qual divulga, através de poemas manuscritos pertencentes ao seu arquivo, o vasto universo de Sophia.

Foto: filme ‘Sophia’ de João César Monteiro

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário