Tecido Empresarial

JAAP, uma produção elegante e aromática

Diretamente de Amesterdão, Jaap e Renee vieram para o Algarve para concretizarem o grande sonho de produzir vinhos algarvios. A diferença? Existe uma preocupação em produzir vinhos de alta qualidade e especialmente, biológicos.

Os pais de Jaap Honekamp vieram para Portugal e compraram uma quinta em 1987, dez anos depois, Jaap foi viver para essa quinta e permaneceu lá durante um ano. De seguida mudou-se para Lagoa e agora encontra-se em Silves, na Quinta Rosa, a produzir vinhos de excelente qualidade e premiados.

Foi em 2007 que tudo começou e em 2011 originou-se a primeira colheita. Nesta altura inicial, Jaap apenas vendia as uvas a outros produtores e começou a pensar em produzir o seu próprio vinho, o único problema era o facto de não ter licença para tal. Quando finalmente a conseguiu, nasceu a JAAP e, em 2012. Registou os seus vinhos na Comissão Vitivinícola do Algarve e a partir daí que este casal de holandeses produz vinho regional algarvio.

A grande preocupação do entrevistado é fazer um vinho livre de produtos químicos, sem aditivos, feitos de forma tradicional e fermentados nas células de levedura naturalmente presentes nas uvas, ou seja, um verdadeiro produto orgânico. “Tudo o que se coloca na vinha, vai para o vinho”, refere o empresário. Outra das grandes preocupações é o sabor. O objetivo é fazer um vinho que se diferencia dos mais comuns, que são vendidos no supermercado e é por isso que podemos qualificar o JAAP como uma produção elegante e aromática que delicia qualquer apreciador de bons vinhos. E é por ser tão bom e tão distinto que já ganhou diversos prémios e medalhas, um deles na Competição Biológica da Alemanha. É bebido na Holanda, Bélgica, Alemanha, nos restaurantes e hotéis do Algarve e claro, na Quinta Rosa.

No que toca a castas usadas nos vinhos JAAP, são oito tipos de uvas vermelhas e Chardonnay, a única de uva branca. Através das diferentes características das castas, são produzidos vinhos diferentes ao longo dos anos, que podem ser monocasta ou misturas.

O futuro passa pelo mesmo que se vive no presente, ou seja, produzir pequenas quantidades, mas com a qualidade superior que é garantida e com a particularidade de ser um vinho biológico.

De que está à espera? Reserve já uma prova de vinhos na Quinta Rosa e desfrute deste pequeno prazer da vida, sem químicos, apenas com uvas e muita paixão.

Sobre este autor

INcorporate

Adicionar Comentário

Escrever comentário