Destaque Gastronomia

Cervejaria Gazela: A tradição ainda é o que era

 Com um petisco que dispensa apresentações, o cachorrinho da Gazela é hoje um símbolo do Porto e de Portugal, no mundo da gastronomia. Em janeiro deste ano, o cachorro quente mais delicioso do planeta foi distinguido como uma das cinco melhores “especialidades da casa” nos The World Restaurant Awards. Américo Pinto é o principal responsável pela Cervejaria Gazela, onde trabalha há mais de 40 anos, e garante que o segredo passa por manter o conceito original do cachorrinho.

Américo Pinto

Para quem não conhece os The World Restaurant Awards, estes prémios podem ser considerados como que os ‘óscares’ da gastronomia mundial, uma vez que visam congratular a melhor cozinha do planeta. A Cervejaria Gazela era um de dois espaços portugueses nomeados a um prémio, uma vez que o cachorrinho da Batalha estava nomeado para melhor ‘especialidade da casa’, ficando nos cinco primeiros lugares, ao lado de especialidades italianas, japonesas, indianas e chinesas. O selo de distinção chegou este mês à cervejaria, numa altura em que o nome Gazela é de registo obrigatório em qualquer roteiro da cidade Invicta.

De portas abertas desde 1962, a Cervejaria Gazela deu a conhecer ao mundo o cachorrinho da Batalha, o original, quente, estaladiço e picante, como só esta casa sabe preparar. Américo Pinto, atual proprietário, começou a trabalhar na cervejaria em 1970, como funcionário, e hoje além de proprietário, é o elemento mais antigo da casa e garante que “a nossa maneira de trabalhar é a mesma desde 1970. O nosso cachorro hoje é igual ao que comíamos há 40 anos, quando a francesinha ainda nem existia no Porto”, vinca o proprietário, em conversa com a nossa revista. Composto por uma linguiça e uma salsicha fresca, com queijo derretido e servido em pão torrado e molho picante, o cachorrinho original é procurado por conterrâneos e turistas, não só apreciadores de petiscos, mas gastrónomos em geral. Os maiores avaliadores de comida, fazem questão de visitar a Cervejaria Gazela, quando querem conhecer os petiscos tipicamente portuenses.

Além do célebre cachorrinho, a Cervejaria Gazela agrega outras especialidades que tornam a casa um dos espaços mais procurados no Porto, nomeadamente o prego no pão e a francesinha, confecionados com rigor e com os melhores ingredientes, que garantem a excelência da marca Gazela. Américo Pinto garante inclusivamente que “a nossa francesinha não deve nada a nenhuma outra do Grande Porto. Trabalhamos com as melhores carnes, temos um pão como mais ninguém tem e guardamos alguns segredos, que fazem da Gazela o que vemos hoje. Seja no cachorrinho, seja na francesinha, no pica-pau, ou até mesmo no nosso prego”.

A nova casa do Gazela

Para quem está familiarizado com a Cervejaria Gazela, é fácil pensar na casa original, com o balcão tradicional e a longa fila de espera até para lá da porta do estabelecimento. A cervejaria original mantém-se, com o mesmo ritmo de sempre. No entanto, há já dois anos que existe na Batalha uma Nova Cervejaria Gazela, mais concretamente na rua de Entreparedes, um espaço bem mais alargado, acolhedor e requintado.

Há já muito tempo que a Cervejaria Gazela merecia uma casa maior para receber os seus clientes, no entanto o feedback em relação ao novo espaço, foi maior do que se esperava. “Hoje temos o nosso nome divulgado em todo o lado, desde revistas à televisão. A distinção que trouxemos de Paris, nos The World Restaurant Awards também nos aproximou dos turistas e até o novo espaço está sobrelotado. Não é fácil encontrar capacidade de resposta para tantos clientes e nesse aspeto tenho de agradecer à minha equipa de trabalho, que é jovem, mas com qualidade”. Com um total de 18 colaboradores, um dos objetivos deste estabelecimento é manter a coesão da equipa, evitando rotatividade de pessoal e criando um ambiente de fraternidade que torne o trabalho motivador para todos os elementos, uma vez que uma equipa motivada garante um bom atendimento, independentemente da afluência do restaurante.

Além das duas casas a Cervejaria Gazela é convidada a marcar sempre presença em alguns dos principais eventos anuais da cidade do Porto, sendo já um tradição encontrar os cachorrinhos da Batalha nos sunsets do The Yeatman, um dos espaços mais requintados do Porto.

Questionado sobre a abertura de um terceiro estabelecimento e o primeiro fora do Porto, Américo Pinto garante que isso não é de todo uma hipótese. “Nunca vou descurar na qualidade do nosso serviço. Uma casa Gazela em Lisboa ou noutro ponto, onde eu não conseguiria acompanhar o dia a dia e sobretudo a confeção dos pratos, nunca iria ter a qualidade das nossas casas do Porto. Os estabelecimentos abrem ao meio dia, mas começo a preparar tudo, eu próprio, às nove da manhã. Temos um nome e uma qualidade a defender e nunca iríamos conseguir manter este estatuto, com um restaurante a trabalhar sem a minha supervisão”.

www.cervejariagazela.pt

Tv. Cimo de Vila, 4 Batalha – Porto

Rua de Entreparedes 8, 4000-434 Porto

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário