Líderes de Sucesso

“Na vida nunca paramos de aprender”

Empreendedora e destímida, Filomena Ciríaco fez da sua experiência profissional o seu próprio negócio, fundando assim a Adrenaline, uma empresa que atua no ramo farmacêutico.

O gravador ainda não estava ligado quando Filomena Ciríaco começara a contar o seu percurso profissional. Em cada palavra sente-se a determinação de quem planeou minuciosamente todo o seu negócio. Passo a passo, palavra a palavra, tudo pensado de uma forma global, do produto ao consumidor. O conhecimento e a paixão por aquilo que faz são contagiantes, e talvez por isso a bagagem profissional de Filomena Ciríaco seja repleta de sucessos.

Com apenas 19 anos, Filomena Ciríaco foi, na época, a delegada mais jovem a entrar na indústria farmacêutica, uma notoriedade que na altura lhe passara por despercebido, confessa. “Fui sempre lutando para progredir na carreira” e aos 21 anos abraçou o primeiro grande salto dentro da indústria farmacêutica, quando convidada pela Roche Farmacêutica para integrar uma equipa de oncologia como delegada hospitalar. “Durante os anos em que trabalhei na Roche cresci muito e isso deu-me o background para chegar a chefe nacional de vendas na chiron”. Em 2007, um novo salto na carreira, desta vez como diretora operacional da Praxis Pharma: “este foi um grande desafio em que tive de construir uma equipa de raiz e implementar a Praxis Pharma em Portugal”.

Até aos dias de hoje, quase três décadas após o início da sua carreira, assinalam-se vários sucessos. Em 2017 viu-se obrigada a fazer uma breve pausa na sua carreira, um período em que teve a oportunidade de pensar e concretizar a criação do seu próprio negócio, a Adrenaline, uma empresa que atua no ramo farmacêutico.

Adrenaline
Embora se trate de um projeto recente, a Adrenaline tem anos de experiência, não fosse Filomena Ciríaco conhecedora da área como poucos em Portugal. Sem nunca parar de estudar e de analisar o mercado, estruturou a Adrenaline com capitais próprios e objetivos bem delineados. Fruto do reconhecimento pelo seu profissionalismo no passado, a empresa conseguiu a representação do AeroBika, um dispositivo médico que vem do Canadá.

Este produto destinado a doentes “que têm bronquite crónica, bronquiectasia, DPOC e fibrose cística e muitas vezes produzem uma quantidade excessiva de muco”, oferece condições únicas no mercado. “Este dispositivo ajuda a eliminar esse muco através de oscilações que ajudam a mover o muco para as vias aéreas maiores dos pulmões, onde ele pode ser expelido por tosse”.

ELYTIA – ‘Never Get Old’
Para além da atuação na área farmacêutica, Filomena Ciríaco abraça um novo projeto e um novo ramo: a cosmética. Trata-se, em concreto, de um cosmético distinto e patenteado.

“Este é um creme suave e que deixa a pele sedosa”, referiu Filomena. Entre várias especificidades, tem como base duas substâncias. O óleo de gingko biloba, que ajuda na produção do colagénio para que a pele preencha as rugas e não tenha flacidez. O segundo radical é a lactoferrina que é uma proteína do leite e que também ajuda na produção do colagénio e, para além disso, ajuda a que a que pele não fique inflamada e inchada. “Esta é uma primeira vez que trabalho com cosméticos. Tenho lido muito sobre a área para saber como devo atuar no mercado. Na vida nunca paramos de aprender”.

Sobre este autor

gentegiraein

Adicionar Comentário

Escrever comentário