Ambiente Atualidade Notícias

Spray pode substituir plástico nos alimentos

Chama-se SpraySafe e foi criado por portugueses. Feito à base de materiais orgânicos e comestíveis, promete substituir o plástico na conservação dos alimentos e reduzir as embalagens.

O spray foi desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e premiado em Bruxelas, no concurso de Inovação Social da Comissão Europeia, recebendo uma bolsa de 50 mil euros.

O objetivo, segundo escreveu a agência Lusa com base no comunicado, é que o SpraySafe – promovido pelo Centro de Investigação de Montanha do IPB – substitua o plástico usado para a conservação dos alimentos, como embalagens e outros recipientes, e reduza, por conseguinte, as embalagens de plástico.

Baseado em ingredientes naturais, sustentáveis e comestíveis, o spray mantém as características da comida e evita a oxidação e a contaminação.

O projeto foi um dos três vencedores deste ano do Concurso Europeu de Inovação Social, que nesta edição foi destinado ao combate ao uso do plástico. Foram também premiadas iniciativas de empreendedores da República Checa (que criaram um sistema de distribuição e comercialização circular de produtos alimentares e não-alimentares com embalagens reutilizáveis) e de Espanha (uma ‘startup’ de biotecnologia que transforma resíduos orgânicos em plásticos biodegradáveis através da ação de bactérias).

Os três – que foram premiados entre 543 candidatos e de 10 finalistas – receberão uma bolsa de 50 mil euros da Comissão Europeia para a criação de soluções inovadoras para promoção da reutilização e reciclagem de plástico, incentivando ainda a mudanças de comportamento.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário