Tecido Empresarial Turismo

Emoldurada pela serra e um imenso estuário, Setúbal é uma cidade para passear

Os peregrinos que queiram percorrer o Caminho até Santiago de Compostela podem fazê-lo a partir de Setúbal. O percurso, com quatro trilhos possíveis, prolonga-se por mais de 30 quilómetros, incluindo passagem por sítios emblemáticos, como o centro histórico, por ruas de Azeitão, mas também pela periferia e zonas rurais do concelho.

Passando pelo património histórico, cultural e religioso, a rota que liga Setúbal a Santiago de Compostela integra quatro troços, com variações que vão dos cinco aos 238 metros de altitude.

O primeiro, o maior, com 15,9 quilómetros, inicia-se na Estrada do Zambujal, em Palmela, percorre zonas rurais, passa pela Estrada de Santas, no Vale da Rosa, e pelo Parque de Sant’Iago, nas Manteigadas, onde se realiza a emblemática Feira de Sant’Iago, até chegar à Rua Francisco José Mota, localizada junto da Igreja dos Grilos. Neste troço, existem os hotéis A Seleção, Cristal e Aranguês.

O segundo caminho, mais curto, com 1,6 quilómetros, começa na Rua Francisco José Mota, segue em direção à Sé de Setúbal, com pontos de interesse como Casa Bocage, Museu do Trabalho Michel Giacometti, Miradouro de S. Sebastião – que oferece uma vista soberba sobre a Baía de Setúbal –, Palácio Fryxell, Casa do Corpo Santo e pelo antigo Hospital João Palmeiro, espaço que, em séculos passados, dava apoio e cama aos peregrinos de Santiago.

Este percurso, mais histórico, atravessa, ainda, o Largo da Misericórdia, na Baixa da cidade – aí perto é possível visitar a Casa das Imagens Lauro António – Biblioteca, Mediateca e Arquivo –, a emblemática Praça de Bocage, com a Casa da Cultura, Casa do Turismo, Igreja de São Julião e Paços do Concelho como atrativos, terminando na Avenida Alexandre Herculano. Para descansar aí perto há o Day Off Suite & Hostel, o Luna Esperança Centro Hotel, o Rio Art Hotel e o RM Guest House.

No terceiro percurso, com 2,4 quilómetros, os caminhantes partem da Avenida Alexandre Herculano, perto do Jardim do Bonfim – no interior do parque há uma série de esculturas para apreciar –, passam pelo Estádio e pela Capela Senhor do Bonfim, atravessam a cidade pelo Parque Urbano da Várzea e, a partir dos Ciprestes, seguem para a Varzinha, na periferia. O hotel Meliã integra o trajeto.

A rota de peregrinação em Setúbal, que será devidamente identificada por 122 sinaléticas, inclui, por fim, um último percurso, com 10,3 quilómetros, feito por zonas rurais, algumas em terra batida, entre Azeitão e a Rua 1.º de Maio, perto da autoestrada.

De resto, fora do Caminho de Santiago, o viajante pode visitar o Parque Natural da Arrábida, o Mercado do Livramento, a zona ribeirinha da cidade e a Herdade da Mourisca.

A valorização do Caminho de Santiago conta com o apoio do município de Setúbal. Em 2019, aprovou, em reunião público, um pedido adesão à Federação Portuguesa do Caminho de Santiago, com aprovação dos respetivos estatutos.

Sobre este autor

INcorporate

Adicionar Comentário

Escrever comentário