Destaque Gastronomia Sem categoria

Cosy, uma explosão de sabores e texturas

Isabel Pereira Marques - Administradora do Restaurante Cosy

Se der por si a passear em Braga e não sabe onde ir jantar ou até mesmo beber um copo ao final do dia, visite o restaurante-bar Cosy, a IN garante que não se vai arrepender! Com um ambiente acolhedor, inspirado nas caves de Champagne francesas, é uma excelente opção para criar momentos marcantes com um menu de excelência.

Muito mais do que apenas uma refeição, o restaurante Cosy proporciona pequenos prazeres para desfrutar. A ementa é variada e requintada, indo do sushi a pratos mais convencionais, acompanhados, por exemplo, de um bom vinho e depois aprazíveis sobremesas. Após deliciar-se com uma soberba refeição, pode também usufruir do bar, que está ao seu dispor para completar a experiência neste inovador restaurante.

Por trás desta brilhante ideia encontra-se a empreendedora Isabel Pereira Marques, que apesar de ter nascido em Vila Verde, viveu a maior parte da sua vida em França. Foi para Lyon com um ano de idade e por lá, já na sua fase adulta, a empresária fez o seu caminho profissional. Durante muito tempo quis ser cabeleireira e acabou a ter diversas experiências, chegando, inclusive, a trabalhar numa loja de moda. Com um sonho em mente, com grandes projetos e ideias fez da sua ambição em regressar a Portugal a principal alavanca para que, em 2012, cria-se o Cosy.

Tendo as portas abertas desde maio de 2013, o conceito do restaurante, como o próprio nome indica, é o seu ambiente confortável e também está repleto de elegância e um encantador charme. É o tipo de espaço que, logo à entrada, nos deixa perplexos, com uma enorme vontade de passar bons momentos, acompanhados de pratos inebriantes e ainda com música relaxante como melodia de fundo.

Inicialmente o Cosy foi pensado para servir apenas sushi, mas Isabel Marques decidiu aumentar a ementa, até porque é importante estar a par das necessidades dos clientes, não fosse esse o segredo do marketing. Assim, sendo mulher sempre atenta ao mercado, gosta de observar e analisar os tipos de clientes, tudo para que a experiência possa ser o mais perto da perfeição possível. Isabel adianta que gosta “de olhar para tudo com uma perspetiva de cliente, é importante antecipar o que vão pensar e saber onde devemos melhorar. Peço muitas vezes aos meus colaboradores para servirem da forma que gostariam de ser servidos”. Este é um dos pontos de destaque deste restaurante que contribui para a sua identidade e realça a qualidade do serviço. Para completar estas características, o Cosy conta com uma equipa de cozinha de excelência, jovem e dinâmica, que está constantemente a ser motivada pela proprietária.

No que toca a pormenores arquitetónicos, o restaurante apresenta-se muito moderno, o seu interior está repleto de cores quentes e bancos confortáveis. Também dispõe de uma varanda que vai ao encontro dos requintes do interior.

Como em todos os negócios, principalmente do setor da restauração, o Cosy enfrentou dificuldades devido à pandemia, no entanto, a proprietária conseguiu contornar a situação e adaptou-se à nova realidade. O restaurante passou a disponibilizar serviço de take-away, algo que ainda se mantém, de segunda a sábado. Felizmente, nos dias que correm, tudo parece retomar ao normal as nossas vidas e os vários negócios, o que é bastante benéfico. A esplanada do Cosy ajudou para que o restaurante fosse trabalhando e continuando a encantar os paladares de quem por ali passava. O facto de as medidas de higienização impostas pela DGS serem seguidas religiosamente, foi crucial para colocar os clientes à vontade e com confiança no espaço.

Retomando o tema mais importante, no Cosy pode encontrar o sushi confecionado pelo único Sushiman certificado em Braga, a especialidade é a estrela do menu, preparado na hora com a maior exigência e qualidade. No cardápio encontrará também pratos inspirados na cozinha Nikkei (uma sofisticada junção de sabores japoneses e peruanos). Na carta que será reformulada em breve, traz novas surpresas, para além disso poderá experimentar o ceviche, um naco de picanha, o peixe do dia ou um carré de cordeiro. Acompanhe a refeição com um vinho, a carta inclui vinhos portugueses, do Douro e do Alentejo, e também pode optar por espumante ou um champanhe. Conclua a requintada refeição com uma sobremesa – pode escolher um crème brûlée, um demi cuit de chocolate ou uma esfera de maracujá.

Notoriamente, o futuro do Cosy está garantido e certamente com muito mais para mostrar. Isabel Marques afirma ter novas ideias e projetos que ainda não estão prontos para serem revelados, mas sabemos que irá superar as expectativas dos clientes. A entrevistada adianta um excelente conselho para futuros empreendedores, “Devemos seguir sempre sendo verdadeiros connosco próprios, respeitando os outros, os colaboradores e os clientes”.

Se pretender, também pode usufruir do serviço de catering para casamentos, eventos corporativos, ou aniversários. O sucesso do restaurante está na sua qualidade e como vê, não pode deixar esta experiência escapar.

Apesar de o fazer com gosto, o trabalho não é tudo e por isso, Isabel Marques conta-nos que uma das melhores coisas que existe na sua vida é a família, com um brilho especial nos seus olhos enfatiza a relação com os seus quatro netos. Adianta que é neles que vai buscar toda a força e inspiração necessária para enfrentar qualquer obstáculo que se encontre no seu caminho, “Quando estão todos juntos é só rir, dão um outro sentido à vida”.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário