Atualidade Notícias

Mais de 80% das empresas de alojamento e restauração sofreram cancelamentos

Hotel foto by Joao Malainho

De acordo com a AHRESP, por altura do Natal e Fim de ano, 47% das empresas de restauração e 42% do alojamento registaram cancelamentos em mais de metade das reservas.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) revelou que mais de 80% das empresas de alojamento e restauração sofreram cancelamentos devido às restrições impostas.

O inquérito da AHRESP, realizado após anunciadas as medidas de contenção, mostrou que “a larga maioria das empresas de restauração e similares (88%), e 83% das empresas de alojamento turístico começaram a receber cancelamentos”. Muitas destas empresas, “47% das empresas de restauração e 42% do alojamento” tiveram cancelamentos em mais de metade das reservas.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou ontem dados sobre o turismo e as dormidas, relativamente ao mês de novembro, antes de terem sido anunciadas as medidas de contenção. Os dados mostraram que “o setor do alojamento turístico registou 1,5 milhões de hóspedes e 3,6 milhões de dormidas em novembro de 2021, correspondendo a aumentos de 265,5% e 287,7% face a outubro de 2021″. Números que não se mantiveram, conforme os dados revelados pela AHRESP.

Sobre este autor

João Malainho

Adicionar Comentário

Escrever comentário