Cultura | Património

Serra, Rio e Termas Os tesouros de Castro Daire

Castro Daire está a apostar decisivamente no Turismo de Natureza. O que não é de estranhar num município que tem recursos tão extraordinários como o Rio Paiva, a Serra de Montemuro ou as Termas do Carvalhal.

A Câmara Municipal de Castro Daire tem vindo a investir no turismo da região. Lançaram recentemente a marca territorial “Visit Castro Daire”, em que o logotipo é constituído pela ligação de três anéis que representam os três maiores recursos da região – as Termas do Carvalhal, a Serra de Montemuro e o Rio Paiva. Em março deste ano apresentaram na BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa), a submarca “Montemuro e Paiva – Land and Water”, onde o principal objetivo é dar destaque à água e à terra e ligar os recursos da região.

Em representação da terra têm a “Montemuro Walking”, ligado às rotas pedonais, “Montemuro Running”, onde o foco são as corridas de montanha, e o “Montemuro Cicling”, que junta as rotas de cicloturismo com os trilhos de BTT.

A água é apresentada pelo conceito “Paiva Rafting and More”, onde se destacam as atividades desenvolvidas no Rio Paiva, como as realizadas em águas bravas ou pesca desportiva. Ao longo do troço do Rio Paiva existem lugares e recantos de destaque, nomeadamente a Praia Fluvial de Folgosa e outros locais de recreio e lazer como o Pego e Foz Cabril.

Pedro Pontes, Vereador da Câmara Municipal de Castro Daire, destaca o “troço de rio muito diverso onde as praias assumem o complemento do que é uma oferta natural do Rio Paiva”, sugerindo ainda o Poço do Abade e a Ponte de Cabaços como, “alguns dos melhores locais para visitar”.

Quando fundaram a marca “Visit Castro Daire” criaram também um conjunto de nove pacotes turísticos. Assente numa base de “dois dias – uma noite”, o objetivo foi criar uma oferta estruturada com um programa para “captar de forma organizada aqueles que nos queiram visitar”. Entre estes pacotes turísticos estão experiências como visitas ao território pelas rotas pedonais, degustações e provas gastronómicas: “o bolo podre, a truta do Rio Paiva, o cabritinho e o borrego do Montemuro”, workshops de artesanato, experiências desportivas e radicais ou simplesmente momentos de lazer.

Têm ainda um pacote sazonal muito singular, “ser pastor por um dia”, que está ligado a uma marca territorial “forte”, que é a última Rota da Transumância®, onde há uma prática ancestral, contacto direto com os pastores, sendo esta “uma tradição que tem a identidade de Castro Daire”.

A ligação entre a água e a terra é importante para a região, “acreditamos que Castro Daire pode ser diferenciador e o nosso caminho é por aqui, criamos uma oferta turística que tem a nossa identidade como destaque”, o Rio Paiva a Serra de Montemuro e as Termas do Carvalhal.

Castro Daire – Um Território de Aventura e Energias Saudáveis!