Destaque Gastronomia

Degustar

Deguste

Pedro Pinto sempre foi apaixonado pela comida e por comer. Depois de participar na edição de 2015 do Masterchef e terminar em terceiro lugar decidiu criar um espaço seu. Nasceu o Deguste by Pedro Pinto. Venha degustar. 

Vagueando por Guimarães, aos pés do Largo República do Brasil, vemos uma esplanada em grande azáfama. O relógio marca duas da tarde e as mesas estão repletas de petiscos. Estamos a olhar para a hamburgueria tradicional e steakhouse Deguste by Pedro Pinto. O nome remete-nos para o semi-finalista do MasterChef em 2015. Sim, é a mão da medalha de bronze que dá vida aos pratos que aqui se servem.

O ambiente é descontraído e aqueles que se sentam nas mesas riem, saboreiam e desfrutam da maravilhosa paisagem vimaranense. Degustam – a comida e a vida. No interior do restaurante, a agitação não abranda. O chef Pedro Pinto acorre aos diversos afazeres energeticamente, ao mesmo tempo que conversa com um cliente que experimenta o Deguste pela primeira vez. 

Convida-nos a sentar e junta-se a nós. Começa  por explicar que o que ali se come é carne do dia embalada em vácuo e os legumes são quase todos de origem biológica. Para Pedro Pinto, a qualidade dos ingredientes é decisiva na qualidade final do prato. 

Os hambúrgueres que se vão servindo são de encher o olho – parecem esculpidos ingrediente a ingrediente para nos fazer imaginar os seus sabores. “O que mais sai é o hambúrguer de picanha”, diz o chef. Acompanha com cebola caramelizada, que confere um sabor doce ao prato equilibrado pelo sabor do bacon combinado com cheddar. 

Para os adeptos de frango existem as sandes, as sugestões são garlic spicies, que nos leva numa viagem ao oriente regada com sumo de lima e alho ou, para os menos ousados, a tika massala com marinada tandori massala (meio picante) e alioli. Os vegetarianos não ficam de lado e são convidados a degustar o hambúrguer com pasta de grão de bico e cogumelos. 

Mas o Deguste, além de hamburgueria artesanal é também steakhouse. Quatro opções, todas com a mesma base, coração de alcatra – uma carne suculenta e tenra. Seja com cinco pimentas, cogumelos portobello e vinho do porto, queijo roquefort ou o conhecido wellington, as sugestões para os amantes de bife deixam água na boca. 

Os pratos satisfazem todos os gostos, mas uma coisa têm em comum, o amor que o chefe Pedro Pinto lhes dedicou. Para Pedro Pinto, criar um novo prato é “como pintar um quadro” e isso nota-se bem, pelos empratamentos apelativos e  pelas combinações de sabores cuidadosamente estudadas.  
Pedro Pinto arrisca-se a dizer que tem “99 por cento de rentabilidade porque preocupa-se em fazer uma organização metódica” e faz questão de exemplificar isso – rapidamente se levanta e começa a explicar que ali tudo é pensado ao detalhe. Abre e fecha gavetas e explica que o mise en place é crucial para garantir a qualidade de tudo o que serve. 

O chefe volta para a mesa,  aponta para a esplanada e exclama “para acompanhar, a nossa sangria ou as cervejas artesanais”.  A combinação parece irresistível. As cervejas artesanais são o que os clientes mais pedem para acompanhar o que ali se come. Da marca Post Scriptum by Pedro Sousa, as cervejas, originárias da Trofa, combinam com o hambúrguer na estética e na degustação. Como opção internacional, pode optar pela belga Gulden Draak.

A experiência no Deguste não fica completa sem a sobremesa. Cheesecake, tarte de maracujá, tarte merengada, ou pizza de chocolate – ou tudo, se optar pela opção super deguste, onde tem a oportunidade de provar e degustar um pouco de tudo, “ideal para partilhar em família”, aconselha Pedro Pinto. 

Para a mesa, o chefe traz a tarte de maracujá. Três camadas perfeitamente delimitadas. Base de bolacha estaladiça, uma cada central doce e leve e no topo o amarelo sarapintado de preto que só podia ser de maracujá. Na boca, o sabor não engana, mais que tarte de maracujá é maracujá em formato de tarte.

Situado às portas do centro histórico de Guimarães, berço de Portugal, e com uma carta convidativa e eclética, o Deguste é ponto de passagem essencial para qualquer amante de gastronomia. O convite fica feito – venha degustar. 

Sobre este autor

gentegiraein

1 Comentário

Escrever comentário