Ação Social Atualidade Covid-19 Notícias

Resende: Rastreios em toda a Santa Casa, após 35 infetados com COVID-19

O município de Resende é o que tem mais infetados, no país todo, por número de habitantes. Além das duas vítimas mortais, há 33 pessoas infetadas com COVID-19, entre utentes e profissionais. Testes serão alargados a todos os utentes da Santa Casa, numa altura em que já se sabe origem do contágio.

Os números relacionados com a pandemia do novo coronavírus estão sempre a aumentar e a mudar, não querendo isso significar que são verdade absoluta (veja-se, por exemplo, o caso da China, que continua a camuflar a real dimensão do surto no país). Mas, de acordo com a Direção-Geral de Saúde, a lista dos 20 municípios mais afetados pela COVID-19 é encabeçada por Lisboa, Porto e Vila Nova de Gaia. A situação muda radicalmente se virmos o número de casos por número de habitantes de cada município. E aí é Resende, no distrito de Viseu, que lidera.

Os 35 casos positivos de COVID-19 na Santa Casa dizem respeito às duas vítimas mortais já existentes (as primeiras no interior do país e que estavam na Unidade de Cuidados Continuados da Santa Casa), a 18 utentes (7 do lar acamados e 11 da Unidade de Cuidados Continuados) e a 15 profissionais daquela instituição.

Depois da Direção-Geral de Saúde só deixar fazer rastreios a 13 utentes da unidade onde estava a primeira vítima mortal e primeira infetada (apesar de inicialmente só permitisse testes a 7 utentes com sintomas), o provedor da Santa Casa decidiu fazer os outros testes, através de um laboratório de análises clínicas. Agora serão todos rastreados.

SANTA CASA DA MISERICORDIA DE RESENDEPONTO DE SITUAÇÃO COVID 19|31.03.2020Em nome da Mesa Administrativa da Santa…

Publiée par Santa Casa da Misericórdia de Resende sur Mardi 31 mars 2020

“Mediante informação das autoridades de saúde local e regional, serão realizados testes a todos os utentes da Santa Casa (Lar Idosos 44, Lar Residencial 19, Lar Hotel 38, Lar de Jovens 10 a um grupo de 14 colaboradores em funções no Hospital da Santa Casa), num total de 125”, anunciou o provedor, Jaime Alves, através do Facebook, esta terça-feira, 31 de março.

“Neste momento, uma equipa do INEM está a iniciar testes a 46 utentes da Instituição: 44 utentes da ERPI Lar de Idosos; 2 utentes do Lar Residencial. Os testes continuarão a ser realizados até estarem rastreados todos os utentes e colaboradores da Instituição.”

Quanto aos infetados, os funcionários estão a cumprir quarentena em casa, como ordem da DGS, e os utentes estão isolados num dos pisos do hospital da Misericórdia.

Entretanto, refere o provedor, “conseguimos identificar a origem do foco de contaminação do vírus. Muito provavelmente, o contágio teve origem na ida de utentes ao hospital de Penafiel”. Foi, aliás, naquela unidade de saúde que faleceram as duas utentes da Unidade de Cuidados Continuados da Santa Casa da Misericórdia de Resende: uma de 94 anos e outra com 90.

No final da noite de terça-feira, 31 de março, a Câmara Municipal de Resende atualizou o número de casos existentes no concelho para 36, com 3 munícipes da comunidade também infetados com a COVID-19.

Notícia atualizada às 13h00 de 1 de abril de 2020 com os 3 munícipes de Resende igualmente afetados com o novo coronavírus