Empreendedorismo

Da construção à decoração, a AG Pargana tem sempre a solução

Uma empresa que se desmultiplica em diversas áreas de negócio, desde a construção ao design de interiores. Na AG Pargana cada projeto é um projeto e o principal objetivo é sempre a satisfação do cliente.

Desde a área da construção aos projetos de decoração, a AG Pargana oferece todos os serviços aos seus clientes. Esta empresa surgiu em 2009 “como uma empresa de construção”. Anteriormente, o seu responsável trabalhava na construção por conta de outrem. “Em plena crise financeira houve a possibilidade de dar o salto” e lançar-se por conta própria. “A crise estava no auge, corremos um grande risco”. Felizmente, tudo correu pelo melhor e, dez anos depois, a empresa continua de pedra e cal.

A política da AG Pargana sempre foi “prestar serviços chave na mão”. Cedo começaram a perceber, por exemplo, que “muitos clientes pediam ajuda com a parte decoração”, e “para não dispersarmos o cliente, criamos em 2016 a BHome, uma loja de decoração, onde elaboramos também projetos de design de interiores”. Esta valência da empresa tem-se revelado uma boa surpresa e tem “vindo a crescer de forma consistente, levando já a que duplicássemos a área de exposição”.

Em 2015 a empresa avançou também na área do microcimento, e pode, agora, oferecer materiais de aplicação artesanal, que, “com a técnica adequada, criam espaços únicos, contínuos e sem costuras”. O difícil, com tantas áreas de negócio, é não dispersar. “É preciso tomar opções e investir numas coisas em detrimentos de outras”.

A AG Pargana trabalha “na área do Algarve e sobretudo para o cliente final”. Estes, cada vez mais, “vão estando recetivos a algumas novidades. Já se nota alguma flexibilidade e aceitação dos clientes para processos mais inovadores, como a construção em LSF, por exemplo. Já se está a abandonar a ideia de tijolo puro”. Quanto às questões na ordem do dia da sustentabilidade, não têm dúvidas de que “são mais passadas pela empresa. O que interessa à maioria dos clientes é apenas o preço”.

Quanto aos materiais utilizados, a empresa privilegia “os fornecedores da região e os materiais nacionais”, até porque “não ficam nada atrás dos produtos internacionais”.

Por norma, a “escolha dos materiais para acabamentos é feita pelos clientes, quando não está decidida à priori. Mas sempre com o nosso acompanhamento, para que possamos aconselhá-los segundo as vantagens e os custos. Muito facilmente os clientes se perdem e não sabem o que querem”.

A AG Pargana cresceu, de 2018 para 2019, 20 por cento em todos os seus setores de atividade. Para 2020 não esperam menos do que isso mas garantem que o aquilo que “realmente importa é a satisfação do cliente”.

Sobre este autor

Jorge Teixeira

Adicionar Comentário

Escrever comentário