Desporto

Pilates Ana Campos: Pilates à medida de cada um

Estúdio de Pilates Ana Campos

Para acabar com aquela dor nas costas, treinar a elasticidade ou simplesmente tonificar o corpo, a prática de Pilates pode ser a resposta certa. E nenhum estúdio é melhor que o de Ana Campos, que oferece aulas personalizadas e tem em conta a necessidade de cada aluno. Venha conhecer este espaço.

De nacionalidade brasileira, Ana Campos está há 18 anos em Portugal, mas trouxe a paixão pelos Pilates do lado de lá do Atlântico. Há quatro anos decidiu abrir o seu próprio estúdio. Começou com aulas individuais e treinos personalizados, hoje está num espaço maior, mas não quer desvirtuar o conceito inicial.

Em 2015, apenas Ana trabalhava no estúdio, mas a crescente procura levou à contratação da fisioterapeuta Sónia Carvalho e o espaço tornou-se pequeno. Em maio deste ano mudou-se para o novo estúdio e intensificou a aposta também na fisioterapia.

Atualmente, além de Ana Campos, a equipa conta com Thais Leifeld e Sónia Carvalho, ambas fisioterapeutas e instrutoras de Pilates. “Quando escolhi a equipa, procurei profissionais com prática e experiência em Pilates e que fossem fisioterapeutas”, explica Ana Campos.

A mudança para o novo espaço trouxe consigo uma novidade: as aulas de grupo. A ideia foi continuar os treinos com equipamentos de Pilates e não uma aula de colchão como é usual nos ginásios. As aulas têm no máximo quatro alunos e todos os treinos são orientados pelo instrutor.

Estúdio de Pilates Ana Campos

A preocupação está em constituir turmas homogéneas com as mesmas necessidades. “Acompanhamos os alunos e corrigimos a execução dos exercícios para evitar lesões e aproveitar o Pilates em toda a sua essência, dentro dos princípios que norteiam o método”, explica Ana Campos.

“Cada aula é traçada segundo os objetivos dos alunos e das necessidades observadas pelo fisioterapeuta durante as avaliações iniciais e diárias”, refere Thais Leifeld. Sónia Carvalho acrescenta que “como o treino é individual e personalizado, vamos programando os exercícios que fazem sentido para aquele aluno.”

O aluno não necessita de carga externa para trabalhar o corpo, por isso o exercício é feito de forma eficiente e diferente da musculação em ginásio, por exemplo. Utiliza o peso do próprio corpo e as suas alavancas para realizar os movimentos. É um método de exercício intenso com um grau de dificuldade que aumenta gradualmente. Contrologia é o nome original do método onde o controle durante a execução do exercício é que promove a sua eficácia.

Com 32 anos de formação em fisioterapia, a componente clínica sempre teve importância para Ana Campos. “Damos um cunho terapêutico ao Pilates devido à nossa formação de base e para além disso, abrimos um gabinete de fisioterapia para apoio exclusivo dos nossos alunos”, explica.

“No início éramos procurados por pessoas com lesões e condicionantes. Com o crescimento, recebemos desde atletas de alta competição e olímpicos a pessoas que querem melhorar a sua performance física”, relata a fundadora. O Pilates é um método de exercícios completamente adaptável que pode ser praticado dos 8 aos 80.

Quanto ao futuro, crescer pouco a pouco, sem largar as aulas individuais e turmas pequenas e homogéneas, mesmo que isso implique um crescimento mais lento. O foco é fidelizar porque “alterar um corpo não é da noite para o dia”, avisa Ana Campos.

Logotipo do Estúdio de Pilates Ana Campos

Sobre este autor

Ana Sofia

Adicionar Comentário

Escrever comentário