Empreendedorismo Líderes de Sucesso

É bom viver no Areeiro

O Areeiro é de facto uma Freguesia onde o passado e o futuro convivem em harmonia e se complementam. É simultaneamente a Freguesia dos bairros, dos vizinhos que se conhecem, se cumprimentam e se entreajudam… das famílias que nasceram – avós, pais e netos – e ainda vivem na Freguesia, do convívio de gerações em parques e jardins e também de gente nova, famílias que escolheram mais recentemente o Areeiro para viver, que trouxeram com elas também novas visões, mais dinamismo. A Junta de Freguesia do Areeiro tem sido um verdadeiro polo dinamizador desta Freguesia de Lisboa, Fernando Braamcamp é o presidente e o rosto de um executivo onde as pessoas são e serão sempre a prioridade. Em entrevista à IN falou um pouco do trabalho realizado pela Junta de Freguesia nos últimos anos.

Comecemos por apresentar a cultura do Areeiro aos nossos leitores. Que retrato podemos fazer desta freguesia onde o passado e o futuro convivem em permanente harmonia?

O Areeiro é uma Freguesia solidária, em que as ofertas de voluntariado para ajudar o próximo são uma constante, realidade essa que a pandemia só veio reforçar. É a Freguesia de Lisboa que tem o primeiro Centro Comercial Online (criado pela Junta de Freguesia), que agrega a tradição do comércio local à modernidade das compras online e das entregas ao domicílio. É a Freguesia de Lisboa que teve o primeiro Centro Intergeracional, com atividades dos 0 até onde a idade permitir. É a Freguesia onde é privilegiado o contacto pessoal, com programas como o ‘Olá Bom Dia’, que contacta diariamente com todos os idosos em situação de isolamento.

A Freguesia do Areeiro criou ainda o ‘Balcão Virtual’ onde qualquer pessoa pode tratar de qualquer assunto relacionado com a Junta de Freguesia em sua casa. É uma Freguesia onde o passado, o presente e o futuro convivem e tal reflete-se em tudo, da arquitetura à cultura, do comércio tradicional à transição digital, da vivência comunitária e familiar ao próprio tecido social.

Fernando Braamcamp, presidente da Junta de Freguesia do Areeiro

Pode-se afirmar que este executivo se focou essencialmente no apoio à população?

Acreditamos que todos os executivos trabalham para servir a população; esta é a razão de ser autarca, não consigo ver outra. É uma missão em defesa do bem comum e da comunidade que servimos. Nunca nos podemos esquecer que estamos no cargo, mas não somos o cargo; a nossa permanência é na sua essência efémera. Sinto que temos cumprido esta missão. Para além das competências que são próprias das Freguesias em Lisboa, entendemos que a dimensão social é determinante para um organismo público de proximidade como são as Freguesias e nesse sentido disponibilizamos uma série de apoios sociais, como: o programa ‘Olá Bom dia!’, o programa ‘Ferro de Soldar’, de pequenas reparações em casa de pessoas que não têm condições para as realizar; o ‘Banco de Ajudas Técnicas’; o ‘Banco Alimentar’; o ‘Cartão de Medicamentos’; consulta jurídica em parceria com a Ordem dos Advogados Portugueses; o pagamento das despesas médico-veterinárias dos animais de companhia das pessoas com carências económicas, referenciadas pela nossa ação social; entre outros.

A nossa preocupação social foi reforçada em 2020, devido à pandemia da Covid-19, pelo que sentimos a necessidade de ir ainda mais longe nos apoios concedidos à população. São exemplo disso: a entrega de compras de supermercado e farmácia ao domicílio; entrega de refeições confecionadas ao domicílio; teleconsultas de clínica geral gratuitas; apoio psicológico gratuito; serviço gratuito de passeio de cães, através de uma bolsa de voluntários; suspensão de taxas e rendas ao comércio local; propiciámos ainda, diariamente, aulas para a prática de exercício físico, bem como atividades para crianças, assim como sugestões de atividades culturais e familiares que podiam ser realizadas durante este período. Com o início da vacinação, destacámos funcionários da Junta de Freguesia para estarem no Centro de Vacinação; disponibilizamos um número de apoio à vacinação da Covid-19, para esclarecimento de dúvidas e resolução de várias questões inerentes ao processo e fornecemos o transporte gratuito para o centro de vacinação, através de marcação prévia, num transporte adaptado para pessoas com mobilidade reduzida.

Para além dos apoios sociais diretos, disponibilizamos várias valências de apoio à população: posto clínico para os residentes; Academia Sénior; espaços de ATL para as crianças; Centros de Convívio para idosos; e a construção de uma creche. Criámos um Balcão Virtual, disponível na nossa página de Internet, onde é possível, por exemplo realizar inscrições em atividades da Junta de Freguesia e efetuar o pedido de licenças de canídeos e felinos, ou relativas a estabelecimentos comerciais.

Somos ainda conhecidos por ser uma Junta de Freguesia dinâmica no que toca aos eventos culturais e de lazer para a população e pela forte aposta no desporto, promovendo a prática desportiva para todas as idades, o despontar de novas modalidades na Freguesia, bem como, apoiando clubes e atletas.

Além da orientação social, a Junta de Freguesia criou um pelouro orientado ao ambiente e bem-estar animal. Que tipo de projetos têm desenvolvido e qual a importância da criação desse pelouro?

Acompanhando os ventos da História, em que as questões ambientais são cada vez mais determinantes na nossa sociedade; em que as alterações climáticas chegam a pôr em causa a nossa própria sobrevivência; numa altura em que o próprio estatuto jurídico dos animais foi alterado, deixando estes de serem coisas para passarem a ser seres sencientes e reconhecendo a importância que estes têm para as pessoas e para o meio ambiente, criámos o pelouro do ambiente e do bem-estar animal. Somos das poucas Freguesias, da cidade e do país, a elevar estas atribuições à dignidade de pelouro.

Nestes termos, desenvolvemos um pacote de medidas atinentes ao bem-estar animal. Aproveitando o meritório trabalho das cuidadoras das colónias de gatos assilvestrados da Freguesia, organizámo-las num corpo de voluntariado, pedra-chave para todo o trabalho exercido neste âmbito, nomeadamente acompanhando e alimentando as colónias, assim como promovendo o controlo populacional destes animais, recorrendo ao método CED. Iniciámos um programa de colocação de abrigos nas colónias de gatos de rua, custeamos medidas profiláticas, esterilizações e outros tratamentos médico-veterinários, medidas profiláticas e esterilizações e fundámos um banco alimentar animal. Temos também feito campanhas de sensibilização para a apanha de dejetos caninos, contra o abandono de animais, de promoção de adoções responsáveis e do encontro de animais perdidos. Disponibilizamos ainda gratuitamente à população sacos biodegradáveis para dejetos caninos e construímos Parques Caninos. Promovemos também o controlo populacional de pombos recorrendo a dois pombais contracetivos.

O Ambiente também é uma prioridade deste pelouro – eliminámos o uso de plástico descartável nas nossas instalações e eventos, promovemos a utilização de um copo reutilizável junto dos comerciantes, apostámos na economia circular, na reciclagem de óleos domésticos e na compostagem. Colocámos cinzeiros nas ruas da Freguesia, de forma a sensibilizar a população para o não descarte de beatas no espaço público, impedindo que estas cheguem ao mar. Temos efetuado ações de sensibilização com escolas da freguesia e somos uma Eco-Freguesia, tendo-nos sido atribuída a bandeira verde.

A manutenção dos espaços verdes e a limpeza do espaço público assumem uma relevância capital na visão deste Executivo para a Freguesia, promovendo a sua fruição e estimulando o sentimento de pertença destes na população.

A Junta de Freguesia do Areeiro lançou recentemente uma plataforma para compras online no comércio local. Fomentar e promover a economia local é uma das prioridades do atual executivo?

O comércio local faz parte de qualquer Freguesia, principalmente de uma Freguesia urbana como o Areeiro. Neste executivo procuramos sempre comprar o que é nosso, do Areeiro, de forma direta com aquisições, ou com parcerias com o comércio local, onde oferecemos vales para os fregueses permitindo que escolham as suas compras, seja para o cabaz de Natal solidário, oferecido a agregados referenciados pelo nosso núcleo de ação social, ou nas prendas que disponibilizamos no Dia da Criança ou no Natal para crianças até aos 12 anos.

A transição digital, bem como a necessidade de apoiar o comércio local, potenciada pela pandemia, foram o gatilho para a Junta de Freguesia do Areeiro disponibilizar uma aplicação de forma totalmente gratuita aos comerciantes com atividade no seu território. A Proximcity trata-se de um Centro Comercial Online, onde cada comerciante tem uma loja, onde pode divulgar ou vender os seus produtos e serviços. Os clientes, para além de poderem comprar online no comércio tradicional, podem ainda beneficiar do serviço de entregas gratuito, sendo este serviço assegurado pela Junta de Freguesia. A adesão dos comerciantes foi a maior prova que fizemos a aposta certa, contando já com praticamente 100 registos de lojas e restaurantes.

Esta é mais uma forma da Junta de Freguesia do Areeiro promover uma comunicação mais dinâmica com a população, promovendo a cidadania participativa, proximidade e a qualidade de vida, porque continuamos a acreditar que – É Bom Viver no Areeiro!