Tecido Empresarial

Na rota dos melhores citrinos

Inácio Machado é o administrador da Machado & André, uma empresa que se dedica à produção e comercialização de citrinos há mais de 30 anos. Fomos até Faro conhecer esta empresa familiar onde a laranja é, mais uma vez, a rainha.

A variedade de citrinos na Machado & André é grande, mas a estrela principal é a laranja. “Temos 200 hectares de citrinos nas várias variedades, tangerina, laranja, limão. E Temos várias variedades de laranjas.” Com tantos anos de experiência no mercado dos citrinos, a Machado & André acompanhou a afirmação da Laranja do Algarve como sendo um produto único e de elevada qualidade. Inácio Machado afirma sem reservas que “a nossa laranja é das melhores do mundo, é o sabor, é uma laranja doce.” Este ano a empresa teve um acréscimo de laranjal de 120 hectares em relação aos anos anteriores. Para além dos citrinos também os frutos tropicais começam a ter destaque nos Pomares da Machado & André: “Temos também 20 hectares de abacates.”

A qualidade incontestável dos citrinos produzidos e comercializados ditou o sucesso da empresa algarvia que tem vindo a consolidar a sua presença no mercado nacional e internacional. “Vendemos 50% para o mercado nacional e 50% para fora. E este ano estou a vender mais para fora do que em anos anteriores. Tenho transporte para levar até Lisboa e depois enviamos para França e para a Alemanha.” Na perspetiva de Inácio Machado, é essencial apostar nos dois mercados. “Temos de ter sempre as duas vertentes – mercado nacional – porque está próximo. E depois temos de fazer algo diferente para fora. Não deixar os nossos antigos clientes, mas pensar sempre em ter outras opções para conseguir ter uma mais-valia. “

Consciente da necessidade de adaptação constante ao mercado, o produtor encontra-se atento aos países que produzem citrinos, especialmente aos vizinhos espanhóis vanguardistas “Este ano há uma grande pressão de Espanha, do Egito, da África do Sul. Que têm laranja mais barata do que nós, porque não têm estes problemas que nós temos.”

O crescimento obrigou também a um aumento da equipa de trabalho. “Tenho mais pessoal porque tenho mais saída para fora e obriga a que tenhamos mais cuidados com o produto.” A escassez de água é uma das principais preocupações da Machado & André, um problema que na opinião de Inácio Machado exige medidas rápidas e a longo prazo. “O caso da água, é um problema. Há a tendência de o Algarve se desertificar ao longo dos anos. Os governantes deviam acautelar essa situação. Aqui regamos mais à noite para poupar água, aguenta mais no terreno.”

Para o futuro, o desejo é continuar a prezar a qualidade dos produtos. A Machado & André já delineou a meta a atingir: “cumprir a venda no mercado nacional e exterior nos citrinos e no abacate.”

Sobre este autor

João Malainho II

Adicionar Comentário

Escrever comentário