Saúde, Estética e Bem-Estar

Viver sem dor com terapias naturais

Fábio Dias é formado em música clássica, foi guia de montanha e, hoje, é terapeuta natural, assente na Medicina Tradicional Chinesa. É no seu espaço, Terapia do Dias, que ajuda os seus pacientes a tratar contraturas, tensões musculares, dor, falta de mobilidade, distúrbios do sono, ansiedade, entre muitas outras patologias.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) não foi uma descoberta imediata para Fábio Dias. O terapeuta começou o seu percurso profissional na música clássica, passando, mais tarde, para guia de montanha e, depois de conhecer uma pessoa muito importante na sua vida, começou a ter então mais contacto com as terapias naturais.

“Se pensarmos bem, seja como músico, seja como guia de montanha, estamos a proporcionar ao público/cliente algo que muitos consideravam e referiam ser a sua terapia”, afirma Fábio Dias. O terapeuta formou-se no Instituto Português de Naturologia, tendo-se especializado em quiropraxia oriental, disfunção da articulação tempero mandibular e aromaterapia. Ao verificar resultados imediatos na aplicação de tratamentos com as terapias naturais, assumiu ter presenciado “um sentimento de satisfação com o qual ainda não tinha tido contacto”. É a partir deste sentimento que nasce o seu gabinete, Terapia do Dias, localizado nas Antas, no Porto, onde atende de segunda a sábado. São vários os tratamentos disponibilizados, mas os mais procurados são a massagem terapêutica e o tratamento da dor, no qual são utilizadas técnicas como a ventosaterapia, a bambuterapia, a quiropraxia oriental e a aromaterapia. Têm o objetivo de tratar contraturas, dores e tensões musculares, provenientes da tensão provocada pelo tempo excessivo passado ao computador ou outros aparelhos digitais. Resultados do trabalho sedentário, que para além de consequências físicas, também pode provocar bruxismo, oclusão ou dor de cabeça.

No tratamento de enxaquecas, distúrbios de sono e ansiedade, Fábio Dias recorre à auriculoterapia, um tratamento onde “todos os pacientes sentiram melhoria e manifestaram satisfação pelos resultados alcançados”, revela. No entanto, a estrela das terapias e a mais diferenciadora é o Shiatsu – um método assente em pressões sob regiões específicas do corpo, os “meridianos de energia”. O objetivo desta massagem é “restabelecer o fluxo energético”, isto é, recuperar o bem-estar, a qualidade de sono e a mobilidade corporal. Fábio Dias explicou-nos que a MTC não age só perante estes sintomas de caráter mais ocasional, mas também é amplamente solicitada para tratamentos de doenças mais prolongadas, como o cancro e, no caso do Alzheimer, ajuda a atrasar a sua progressão. O terapeuta acredita, ainda que no panorama atual, todos beneficiaríamos de uma maior cooperação entre as duas medicinas – a ocidental e a MTC.

Fábio Dias pretende hoje e, no futuro, ajudar o maior número de pessoas e conseguir estar à altura do desafio. O próximo objetivo é aumentar a equipa para que seja possível atender mais pacientes.